Guarani

Com duas movimentações no mercado, Guarani fecha zaga para disputa da Série B

Leandro Almeida não faz mais parte do elenco do Guarani | Crédito: David Oliveira / Guarani FC

Durante a pandemia do novo coronavírus, o Guarani reformulou intensamente o sistema defensivo.

O setor, com o maior número de mudanças no elenco ao longo da pausa de quase quatro meses, está fechado para disputa da Série B do Campeonato Brasileiro após as duas movimentações na segunda-feira.

As ‘substituições’ do Bugre compreendem a rescisão contratual em comum acordo com Leandro Almeida, vítima de readequação financeira, e a chegada de Walber, mediante empréstimo junto ao Athletico-PR até o fim do ano.

Com uma saída e um reforço, o técnico Thiago Carpini fica com seis peças à disposição para a zaga: Bruno Silva, Bruno Lima, Didi, Romércio, Victor Ramon e Walber.

Vale pontuar que, ainda na quarentena, Vitor Mendes não teve empréstimo renovado e retornou ao Atlético-MG, dono dos direitos econômicos, enquanto Didi deixou o Botafogo-SP e desembarcou no Brinco de Ouro da Princesa.

PLANEJAMENTO

A meta da diretoria, a partir de agora, é reunir esforços por novidades no ataque. O plano A é encontrar, no mínimo, um meio-campista e um atacante pelas beiradas.

O nome de Alan Guimarães, do Palmeiras, está no radar do clube de Campinas para sequência da temporada – é possível que a negociação evolua positivamente no decorrer desta semana.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo