Campeonato Brasileiro

Com falhas individuais, Sport perde mais uma e fica na porta da zona de rebaixamento

Foto: Marlon Costa/ Pernambuco Press

O Sport conheceu sua segunda derrota no Campeonato Brasileiro na noite do último domingo (13), no Castelão, contra o Fortaleza, no qual foi derrotado por 1 a 0, gol de Wellington Paulista, de pênalti.

O rubro-negro pernambucano começou até bem a partida, com um primeiro tempo sólido defensivamente e tentando algumas saídas rápidas com Paulinho Moccelin. Entretanto, o que não agradou a torcida, principalmente, foram as substituições feitas por Umberto Louzer.

O treinador colocou Patric no lugar de Hayner (que sentiu uma pancada) e Maidana no lugar de Rafael Thyere (com desconforto muscular). Mas a substituição que mudou o jogo foi a entrada do atacante Maxwell, aos 18 minutos. Ele entrou e oito minutos depois deu uma entrada em Matheus Vargas e acabou sendo expulso após o árbitro revisar pelo VAR.

Na entrevista coletiva, Louzer destacou o seu setor defensivo e falou também do rendimento ofensivo da equipe, que utilizou cinco atacantes, mas não teve grandes chances no jogo.

“Ficou muito de meio campo, poucas oportunidades clara para as equipes, estudado, tático. Claro que buscamos movimentações, aumentar o poderio ofensivo nosso. Mas o adversário nas últimas três partidas fez dez gols e sofreu apenas dois. Então é uma defesa muito sustentada, muito bem encaixada”.

O Sport está na 16ª colocação, com apenas um ponto conquistado e vai enfrentar o Grêmio na próxima quinta-feira (17), em casa, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top