Futebol Internacional

Com gol de Casemiro, Real Madrid vence o lanterna Espanyol e se isola na liderança

Foto: Twitter/La Liga

Um placar magro e uma atuação abaixo do esperado, mas foi o suficiente para tornar o fim de semana do Real Madrid perfeito. Após ver o Barcelona apenas empatar com o Celta no sábado, a equipe comandada por Zidane venceu a quinta seguida e se tornou líder isolado na competição. Jogando fora de casa, os merengues derrotaram o lanterna Espanyol por 1 a 0, com gol de Casemiro. Destaque também para a bela assistência de calcanhar de Karim Benzema.

CONTAGEM REGRESSIVA

O Real Madrid iniciou a 32ª rodada dependendo apenas de si para ser campeão, mas com o tropeço do Barça e a vitória sobre o Espanyol, a situação ficou mais confortável ainda. O clube madrilenho atingiu os 71 pontos, dois a mais que o vice-líder Barcelona (69) e deu um importante passo para se tornar campeão espanhol pela 34ª vez. Nas seis rodadas finais, o Real Madrid precisa de 16 pontos para garantir o título matematicamente, sem depender de outros resultados. Já o Espanyol continua em 20°, com 24 pontos, e precisa de um milagre para se salvar.

O JOGO

No confronto entre o líder e o lanterna da competição, o equilíbrio surpreendeu. O Real Madrid teve amplo domínio na posse do bola (70% a 30%), mas sofreu com a falta de criatividade e pouco criou. De técnico novo, o Espanyol se portou bem na defesa e levou perigo ao gol de Courtois na etapa inicial. Mas, quando o primeiro tempo se encaminhava para terminar com o placar zerado, o talento individual prevaleceu. Aos 44 minutos, Benzema recebeu a bola na área e achou um passe espetacular – de calcanhar e entre as pernas do zagueiro – para Casemiro. O volante brasileiro, já na pequena área, finalizou de primeira e abriu o marcador.

Assistência de calcanhar de Benzema para o gol de Casemiro (Foto: Twitter/Real Madrid)

Na volta do intervalo, o Real Madrid diminuiu o ritmo e viu o Espanyol continuar jogando de igual para igual. A primeira boa oportunidade da etapa final foi com Wu Lei, mas o atacante chinês chutou fraco e Courtois defendeu sem dificuldade. Na tentativa de aumentar a vantagem, Zidane colocou Rodrygo e Vinicius Junior em campo, aos 28′, mas não surgiu efeito. Os brasileiros pouco fizeram e o Real Madrid só finalizou a gol uma única vez no segundo tempo. Nos minutos finais, o Espanyol seguiu lutando pelo gol de empate, mas parou na boa atuação da defesa merengue.

5 JOGOS, 15 PONTOS

De fato, a paralisação do futebol espanhol por três meses foi benéfica ao Real Madrid. Desde a retomada da La Liga, o clube disputou cinco partidas e engatou uma sequência perfeita. São cinco vitórias, 11 gols marcados e apenas dois sofridos. Assim, conquistou os 15 pontos possíveis, enquanto o rival Barcelona empatou duas vezes e somou apenas 11. A vantagem de dois pontos que o Barça tinha até o reinício da competição agora está nas mãos de Benzema, Hazard e cia.

RODÍZIO CONTINUA

Fiel à filosofia de manter todos os jogadores empenhados, Zidane garante que não tem um time titular ideal. E prova isso a cada escalação. Como de costume, o francês manteve suspense antes da partida e realizou quatro mudanças em relação ao time que bateu o Mallorca na última rodada. Saíram Mendy, Modric, Bale e Vinicius Junior. Entraram Marcelo, Casemiro, Kroos e Isco.

Zidane durante a partida contra o Espanyol (Foto: Twitter/Real Madrid)

Com esse sistema de rodízio, o treinador não repete a mesma escalação em duas partidas consecutivas há mais de cinco meses – ou 17 jogos. Somando as duas passagens no Real Madrid, Zidane já comandou 204 partidas e usou 179 escalações diferentes. Realmente imprevisível.

SÓ UM MILAGRE

Apesar da boa atuação contra o líder, a situação do Espanyol está cada vez mais crítica. O clube da Catalunha venceu apenas um dos últimos cinco jogos e está a dez pontos do Celta – o primeiro fora do Z-3. Por conta do mau desempenho, o técnico Abelardo Fernández foi demitido neste sábado, véspera do confronto contra o Real Madrid. E quem assumiu o comando da equipe até o fim da temporada foi Francisco Rufete – o quarto técnico do Espanyol em 2019/20. Mas um detalhe curioso: Rufete também é o diretor executivo do clube. Será que a solução caseira vai dar certo?

PRÓXIMOS JOGOS

A primeira das seis finais que o Real Madrid tem pela frente será contra o sexto colocado Getafe, no Alfredo Di Stéfano. A partida será na próxima quinta-feira, às 17h (horário de Brasília) e, dependendo do resultado entre Barcelona e Atlético de Madrid na terça, pode deixar os Merengues com uma mão na taça.

Também na quinta-feira, o Espanyol viaja até o País Basco para enfrentar a Real Sociedad, às 14h30, em busca da improvável recuperação na tabela.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo