Flamengo

Com lesão de Diego, Flamengo terá meio-campo totalmente alternativo nos próximos jogos

Thiago Maia comemora gol em vitória do Flamengo e comenta disputa por posição: ‘Briga boa’
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Na última quinta-feira (1), o Flamengo derrotou o Cuiabá e voltou a vencer no Campeonato Brasileiro, assumindo a sexta posição do torneio. Porém, a imagem da lesão de Diego Ribas preocupou a torcida e a comissão técnica do clube. Ainda não se sabe a real gravidade do problema, mas é provável que o meio-campista, no mínimo, não esteja disponível para o próximo jogo, contra o Fluminense, no próximo domingo (4).

Assim, Rogério Ceni terá mais um desfalque no meio-campo, aumentando a dor de cabeça no setor. Um deles é definitivo, com a venda de Gerson para o Olympique de Marselha. Ademais, Arrascaeta e Éverton Ribeiro seguem disputando a Copa América por suas respectivas Seleções.

+ Flamengo informa lesão de Diego após jogo contra o Cuiabá

Os quatro vêm formando o meio-campo do Flamengo desde o final da última temporada. O esquema testado por Ceni funcionou e foi importante para a arrancada que culminou no título do Brasileirão. Agora, o comandante terá que se reinventar ainda mais para o clássico da próxima rodada.

Recuperado de lesão, Thiago Maia surge como opção para substituir Diego Ribas. Porém, Ceni revelou que o jogador vai passar por uma revisão médica e não está garantido para o próximo jogo. Caso ele não tenha condições de atuar, Hugo Moura e Willian Arão correm por fora.

Na vaga de Gerson, o volante Gomes agradou contra o Cuiabá, com uma assistência para o gol de Pedro e atuação consistente. O jovem tem características parecidas com o ex-concorrente e deve ser mantido. Mais avançados, Vitinho e Michael têm feito as funções de Arrascaeta e Éverton Ribeiro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top