Futebol Internacional

Com moral, Manchester City e Real Madrid lutam por vaga nas quartas da Champions

Arte: Esporte News Mundo
— Continua depois da publicidade —

Depois de muita espera, finalmente dois dos melhores times do futebol europeu vão decidir mais um classificado para as quartas de finais da Liga dos Campeões. Manchester City e Real Madrid duelam nesta sexta-feira (7),no Etihad Stadium, às 16h, pelo jogo de volta das oitavas de final da Champions League. Na ida, o City venceu por 2 a 1 no Bernabéu, em Madrid.

+ Ela está de volta! Relembre grandes momentos desta Champions League

VOLTA AVASSALADORA, MESMO COM O VICE DO INGLÊS

O time de Pep Guardiola acumulou 8 vitórias em 10 jogos após a volta do futebol na Inglaterra, após a paralisação causada pela pandemia da COVID-19. Apesar do vice na Premier League, os números do City impressionam, de fato, já que a equipe marcou 34 gols desde a retomada, inclusive goleando o Liverpool, campeão da Inglaterra.

No entanto, os Citizens não poderão contar com o maior artilheiro de sua história, o argentino Sergio Aguero, que segue lesionado. Porém, com Kevin De Bruyne voando, fazendo gols e dando assistências em praticamente todos os jogos, ocorre uma espécie de democratização na artilharia do City. Sterling, Mahrez e o brasileiro Gabriel Jesus marcam constantemente. A artilharia do City está em dia, mesmo sem Aguero. O poder de fogo do time de Guardiola é algo para prestar atenção no duelo desta sexta.

No entanto, se o ataque do City é um ponto forte, a defesa é uma fraqueza. O sistema defensivo dos Citizens sofreu muito durante a temporada e Pep Guardiola tem noção disso. Na entrevista coletiva desta quinta-feira, o treinador comentou sobre a necessidade de fazer uma partida sólida na parte defensiva do jogo justamente contra um dos melhores ataques do continente.

Imagem
Guardiola durante treinamento
(Foto: Divulgação/ManCity)

– Se eles são brilhantes, temos que aceitar, mas devemos evitar cometer erros. Esta competição castiga quem erra muito. Sabemos disso, temos falado sobre isso nos últimos anos. Se queremos dar um passo em frente como equipe para estar perto de vencer essa competição, temos que ser melhores nessa área – destacou Pep, que também falou sobre sua rivalidade pessoal com o Real Madrid

– Se eu jogo contra o Madrid ou não, sempre serei um torcedor do Barcelona, eles me deram uma parte de quem eu sou. Quando jogo contra o Barcelona, ​​quero vencê-los. Nada de especial, honestamente. Quero ganhar para que nossos jogadores e nosso clube avancem para a próxima etapa – finalizou.

RETOMADA INVICTA E COM TÍTULO

O Real Madrid voltou com tudo para a disputa no campeonato espanhol. E venceu 10 dos 11 jogos restantes da La Liga e corou a campanha sendo campeão da Espanha pela 34ª vez em sua história.

Com moral e invicto, os merengues vivem melhor momento do que aquele, em fevereiro, quando perderam o jogo da ida da Champions para o City, dentro de casa. Depois da paralisação, o Real demonstrou solidez e consistência, além do brilho de Benzema, seu melhor jogador na temporada 2019/20.

+ Time sólido, Benzema em alta e efeito Zidane: as armas do Real Madrid para conseguir a virada na Inglaterra

Zinedine Zidane, treinador do Real Madrid, comentou em entrevista coletiva nesta quinta-feira, sobre a expectativa para a partida decisiva e como será correr atrás da desvantagem para conseguir a classificação.

– Nos preparamos para esta partida. Sabemos que estamos em desvantagem, mas é mais uma final, e vamos tentar jogar uma ótima partida. Não sei o que vai acontecer, mas será uma boa partida entre duas equipes muito boas, e isso é a coisa mais importante. Existem quatro finais se queremos avançar até o fim, e esta é a primeira. O importante é que estamos tudo bem, porque tivemos dez dias para nos preparar para a partida – disse Zizou.

Campeão da Champions 13 vezes e, recentemente, tricampeão consecutivo (2015/16, 2016/17 e 2017/18), o Real Madrid não conta com seu pilar defensivo e líder de grupo, Sergio Ramos, expulso no jogo de ida no Bernabéu. O brasileiro Éder Militão deverá ser o titular no Etihad. Para passar de fase, o Real precisa vencer o City por, no mínimo, dois gols de diferença. Caso vença por 2 a 1, o jogo irá para a prorrogação.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Manchester City: Ederson; Walker, Fernandinho, Laporte, João Cancelo; De Bruyne, Rodri, Gündoğan; Mahrez, Gabriel Jesus, Sterling
Técnico: Pep Guardiola

Real Madrid: Courtois; Carvajal, Varane, Éder Militão, Mendy; Casemiro, Kroos; Modrić, Hazard, Vinícius Júnior; Benzema
Técnico: Zinedine Zidane

ODDS DA PARTIDA

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo