Avaí

Com oito titulares do acesso Avaí monta time-base para iniciar a temporada

Laysa Silva/Avaí

Nessa semana o Avaí iniciou os trabalhos para a temporada de 2022. Com as primeiras novidades no elenco e com algumas renovações de contrato, o time treinado por Claudinei Oliveira tem uma boa base para os desafios que virão no primeiro semestre.

Para saber tudo do Avaí, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube.

Olhando para o último jogo do Avaí na Série B do ano passado oito dos 11 titulares permaneceram na Ressacada, são eles: o goleiro Glédson, os zagueiros Betão e Alemão, os volantes Bruno Silva e Serrato, e os atacantes Lourenço, Copete e Vinícius Leite. Os laterais Edílson e João Lucas, e o atacante Getúlio tiveram seus contratos renovados.

Betão é um dos remanescentes do elenco azurra — Foto: Cael Sobral /Avaí F.C
Betão um dos pilares do acesso do Avaí seguirá para 2022 – Foto:Cael Sobral/Avaí F.C

As contratações do Avaí foram: o lateral-direito Matheus Ribeiro, o lateral-esquerdo Diego Matos, e os atacantes Muriqui e Quirino foram anunciados como reforços. A quinta contratação já foi confirmada é a do volante Eduard, ex-Criciúma.

+ Avaí inicia pré-temporada com avaliações físicas

Desta maneira, o Avaí tem como time-base para iniciar a temporada: Glédson; Matheus Ribeiro, Alemão, Betão e Diego Matos; Bruno Silva, Jean Cléber e Lourenço; Copete, Vinícius Leite e Rômulo.

A diretoria azurra já tem noção de que para a sequência da temporada o elenco do Avaí precisa ter presença de jogadores que tem um histórico de jogarem na Série A e também contar com jovens que tenham potencial de desenvolvimento. Para se ter uma ideia, do time-base acima apenas o lateral Matheus Ribeiro jogou a Série A ano passado.

– Estamos vendo algumas negociações que estavam em andamento. É importante ter uma base que ficou do ano passado e os atletas conhecerem o método de trabalho, a maneira de jogar e o dia a dia. Temos que estudar em qual momento o clube irá apostar as fichas. Se iremos trazer alguns agora e segurar para investir depois. E dentro do modelo do William, também pensamos no retorno financeiro. Acho que tudo se encaminha muito bem. Todo mundo está empenhado para dar certo – disse o técnico Claudinei Oliveira na última quarta-feira.

Orçamento baixo

Na temporada passada um time que se encaixa com o perfil do Avaí foi o Juventude que também havia acabado de conquistar o acesso. Na sua última partida contra o Corinthians, Jair Ventura contava com seis jogadores que estavam na campanha de acesso do Ju e mesmo com a folha salarial baixa a equipe gaúcha conseguiu se manter na elite.

Diante da situação financeira do clube, com o menor orçamento entre os 20 participantes da Série A deste ano, ficará ao departamento de futebol do Avaí a criatividade e assertividade no mercado.

Há outros exemplos recentes do próprio Avaí onde o clube falhou na montagem do elenco. Em 2019, o Leão da Ilha errou na montagem do time e acabou sendo rebaixado com 20 pontos e cinco rodadas de antecendência.

Porém em 2017 a diretoria do Avaí, com investimento pequeno, encontrou boas alternativas dentro da realidade financeira do clube e montou uma equipe competitiva. Apesar de suas fraquezas, o Leão da Ilha chegou na última rodada com a chance de permanecer na elite, porém acabou sendo rebaixado por um ponto.

O Avaí inicia 2022 com uma base forte e um trabalho consistente de 13 meses, o terceiro mais longo da Série A, atrás somente de Maurício Barbieri, do Bragantino, e de Abel Ferreira, do Palmeiras. Para não cometer as mesmas falhas das últimas campanhas será preciso olhar para os erros e acertos do passado para brigar e sonhar com a sequência na elite.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top