Vasco

Com Sá Pinto presente, Vasco encara o Inter para acabar com jejum e dar tranquilidade ao início de trabalho do português

Ricardo Sá Pinto teve o seu primeiro contato com os jogadores na última sexta-feira (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
— Continua depois da publicidade —

O Vasco vai ter um reforço importante e de peso neste domingo, no Beira-Rio, para a partida contra o Inter, às 18h15. Mas fora das quatro linhas. E até do gramado. Isto porque o novo treinador do time, o português Ricardo Sá Pinto, estará em Porto Alegre para acompanhar o duelo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ainda não regularizado, ele deve ficar apenas nas tribunas ou em um camarote, acompanhando o time que será comandado por Alexandre Grasseli, ex-treinador do sub-20 e agora promovido a auxiliar técnico do profissional.

Foi o próprio português que revelou que viajaria para acompanhar a sua nova equipe.

– Serei mais um torcedor, vibrando para a gente buscar os três pontos. Foi isso que disse ao Alexandre e aos jogadores. Quero deixar isso público: ele tem feito um bom trabalho, foi campeão do sub-20. Vamos todos apoiá-lo para que possamos ganhar – afirmou Sá Pinto, durante sua coletiva de apresentação, na última sexta-feira.

E a primeira partida do Vasco que o português verá in loco será justamente contra um dos líderes do Brasileiro. O Inter tem os mesmos 31 pontos do primeiro colocado Atlético-MG, mas uma vitória a menos. O Vasco, que já foi líder nas primeiras rodadas, hoje amarga apenas a 13ª colocação, com 18 pontos – com dois jogos a menos que a maioria dos adversário, é verdade. Para piorar: vem de uma sequência de sete jogos sem vencer, sendo cinco pelo Brasileiro.

Ao ser apresentado, Ricardo Sá Pinto disse que já tinha visto os três últimos jogos do Vasco (contra Flamengo, Bahia e Atlético-MG). Neste domingo, ele terá mais uma oportunidade, agora mais perto, de ver o que o espera e os desafios que tem pela frente com o time do Vasco.

Já Alexandre Grasseli, novo auxiliar-técnico do time, tem a missão de tentar passar o bastão para Ricardo Sá Pinto da melhor maneira possível. Contra o Flamengo, o time até apresentou uma melhora em relação as partidas anteriores, mas ainda não conseguiu a vitória. O desafio deste domingo é tão difícil quanto o último. Mas o que deve ser cobrado de Grasseli é uma boa transição para Ricardo Sá Pinto assumir. Contra o Rubro-Negro, deu indícios de que pode fazer isso. E um triunfo fora de casa melhoraria o clima para o português começar o seu trabalho.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top