Campeonato Brasileiro - Série B

Com segundo tempo decepcionante da equipe, Coritiba empata com o CRB em casa

Coritiba x CRB
Divulgação/Coritiba

Coritiba e CRB empataram por 1 a 1 nesta terça-feira (22), no Couto Pereira. A partida, válida pela 13ª rodada da Série B, foi uma disputa direta na parte de cima da tabela. Com esse empate, o Verdão continua na vice-liderança com 25 pontos e o Galo da Praia também continua na mesma colocação (5º) com 21 pontos.

Para ficar ligado em tudo o que acontece no Campeonato Brasileiro Série B, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Os próximos compromissos do Coritiba são: Operário no próximo domingo (25), fora de casa; Náutico (líder) no sábado (30), em casa; Goiás na sexta-feira (06), em casa.

O CRB joga contra o Sampaio Corrêa no próximo domingo (25), fora de casa; Fortaleza na quinta-feira (29), fora de casa; Ponte Preta na segunda-feira (02), em casa.

PRIMEIRO TEMPO DE MUITO ESTUDO, MAS CORITIBA, EM BELA JOGADA DE LÉO GAMALHO, CONSEGUE ABRIR O PLACAR

O primeiro tempo começou muito estudado por ambas as equipes; passes laterais entre os zagueiros e meio-campistas. Única chance de um pouco mais de perigo foi um chute de longa distância do Val, mas o goleiro do CRB fez a defesa sem muita dificuldade. Pouco tempo depois, Igor Paixão recebeu um cruzamento Waguininho e chutou de voleio por cima do gol. Aos 29 minutos, Waguininho arriscou uma bicicleta no meio da área, porém, fraco e no meio do gol; 1 minuto depois, Léo Gamalho recebe na área, aplica uma caneta no zagueiro e toca para Igor Paixão só escorar no gol sem goleiro. A única chance do CRB veio aos 42 minutos, quando Jean Patrick chutou de fora e, com perigo, foi por cima do gol coxa-branca.

SEGUNDO TEMPO FRACO DO CORITIBA, CRB APROVEITA E CONSEGUE O EMPATE

No começo da segunda etapa, o CRB iniciou a se impor ofensivamente, porém, sem criar grandes chances. Um pouco antes da segunda etapa, Natanael trombou com jogador adversário e pisou no tornozelo dele e recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Para compor o lado direito, o técnico Gustavo Morínigo tirou Robinho e colocou Igor. Aos 37 minutos, Nicolas Careca recebeu a bola na entrada, girou e chutou no canto do gol para empatar o placar. O Coxa, que não criou nenhuma jogada ofensiva nos últimos 40 minutos, e, após o comandante coxa-branca colocar mais jogadores defensivos do que ofensivos em campo durante a partida, não teve forças para buscar o resultado no final. Nos acréscimos, a situação do Coritiba ficou ainda pior quando o técnico Morínigo reclamou com a arbitragem sobre a falta de necessidade de tirar Waguininho, que tinha sofrido uma falta, de campo e foi expulso.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top