Futebol Internacional

Com show de Pogba, Bruno Fernandes e Cavani, o Manchester United goleou a Roma em Old Trafford

Martin Rickett via Imago Images

Nesta quinta-feira (29), o Manchester United recebeu a Roma no Old Trafford, em partida válida pela semifinal da Liga Europa. Realizando uma temporada sólida na Premier League e contando com um elenco com maior variedade de opções, o time casa chegou ao confronto com o favoritismo, diante de uma Roma que oscilou muito durante toda a temporada e tem na competição sua única chance de levantar uma taça e se classificar para a próxima Liga dos Campeões.

O jogo começou dentro do previsto, com o United controlando as ações, novamente contando com Pogba atuando como um meia aberto pelo lado esquerdo e facilitando a comunicação e conexão de seus companheiros em campo ofensivo. Aos 9 minutos, Shaw partiu pela esquerda e tocou no francês, que deixou dois marcadores pelo caminho e encontrou lindo passe para Cavani, que em lindo toque de primeira deixou Bruno Fernandes na boa para finalizar de cavadinha, vencendo Lopez e abrindo o placar. Contudo, poucos minutos depois, a Roma progrediu pela direita do campo e o mesmo Pogba – que tinha sido protagonista no gol do United – abriu demais o braço na grande área e o juiz assinalou a penalidade. Pellegrini cobrou com segurança e empatou a partida.

Depois do empate, o jogo dos donos da casa não voltou a encaixar bem. Ainda que a Roma deixasse espaço na primeira linha e utilizasse duas linhas de 4 bem recuadas, o United pouco conseguia criar no terço final do campo. Aos 33 minutos, Pellegrini se deslocou pelo lado esquerdo, Mkhitaryan encontrou um belíssimo passe e a jogada terminou com Dzeko virando a partida. O Bósnio se transformou no primeiro jogador a marcar contra o Manchester United em Old Trafford, em três décadas diferentes (00´, 10´ e 20´). Apesar do primeiro tempo positivo em termos de resultado e do aproveitamento, a Roma acabou perdendo Veretout, Lopez e Spinazolla lesionados, ainda na primeira etapa. Como precisou realizar três paradas, para as três trocas, se desejasse utilizar as duas trocas restantes, Paulo Fonseca teria de realiza-las no intervalo da partida. Ele optou por não trocar mais e assim os times voltaram para a segunda etapa.

Logo aos 2 minutos da segunda etapa, Pogba apareceu novamente com destaque, deixando Bruno Fernandes na boa para devolver o presente para Cavani, que bateu com enorme qualidade no canto superior direito de Mirante, empatando a partir. Depois do empate, o jogo passou a ser completamente do United, com a Roma abrindo mão de sua postura mais defensiva e tentando jogar, abrindo muito espaço para o contra-ataque. Aos 19, Cavani marcou o gol da virada. 8 minutos depois, o mesmo Cavani sofreu pênalti – em lance bem contestável – e Bruno Fernandes aumentou a vantagem. Entregue em campo, a Roma ainda assistiu Bruno Fernandes achando Pogba para o quinto gol e o jovem Greenwood disparando pela direita, após belo passe de Cavani, para dar números finais ao confronto.

Com uma segunda parte quase perfeita, o United potencializou suas qualidades, amassou a Roma e colocou um pé e meio na grande decisão da Liga Europa. Na partida de volta, que acontece na próxima quinta, a Roma irá necessitar de um dos maiores milagres já vistos em competições europeias.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top