Basquete

Com super troca entre Harden e Simmons, veja como foi o último dia de transferências da NBA

Foto: Divulgação/Brooklyn Nets

A famosa “trade deadline”, o último dia da janela de trocas da NBA, é uma das datas mais importantes no calendário da liga. Com menos da metade dos jogos restantes, o período é uma oportunidade para as equipes se reforçarem para os playoffs, ou até para uma reconstrução visando a próxima temporada. O prazo final para as transferências foi às 17h (de Brasília) desta quinta-feira (10), e o ENM traz pra você as principais movimentações de mercado do melhor basquete do mundo. 

+ Giannis Antetokounmpo bate marca e iguala Kareem Abdul-Jabbar e Wilt Chamberlain

Bomba!

A novela Ben Simmons finalmente teve um desfecho. Sem jogar desde os playoffs de 2020/21, após pedir pra sair de Filadélfia na pré-temporada, o armador australiano encontrou seu destino. Junto com Seth Curry e Andre Drummond, ele vai vestir a camisa do Brooklyn Nets, que também recebe duas escolhas de primeira rodada do draft. Apesar da barca de qualidade, o torcedor dos Sixers tem muitos motivos para comemorar. Além do veterano Paul Millsap, James Harden, MVP da NBA em 2018, é o novo reforço da equipe comandada por Doc Rivers. O “Barba” chega pra fazer dupla com Joel Embiid e dar uma nova cara ao time de Fila, que sobe de patamar no Leste e se consolida como um dos favoritos ao título. 

Insatisfeito em Nova York, dentre outros motivos por conta do imbróglio com Kyrie Irving, que não quis se vacinar e está proibido de jogar em casa, Harden é amigo de Daryl Morey, dono dos 76ers e ex-proprietário dos Rockets. Juntos, os dois levaram Houston às finais da Conferência Oeste, mas esbarraram no Golden State de Curry, Durant e companhia. Agora, o objetivo é fazer história e conquistar o tão desejado anel de campeão.

De acordo com informações divulgadas pela ESPN americana, Simmons já conversou com Kevin Durant e Sean Marks, gerente dos Nets, e disse que está ansioso para se juntar ao grupo e ficar pronto o mais rápido possível para entrar em quadra. Depois de ser apontado como o grande vilão da eliminação dos Sixers nos playoffs da última temporada, o armador decidiu procurar um novo rumo na carreira. Apesar da dificuldade nos arremessos, um dos grandes motivos para a rejeição em Filadélfia, Simmons é um ótimo marcador e oferece muita intensidade na transição. Sua chegada pode ser uma solução para os problemas de Steve Nash. O treinador vem sofrendo com a ausência de Joe Harris e os Nets ainda não se encontraram defensivamente.

As duas equipes vão se enfrentar na noite de 10 de março, às 21h30, no Wells Fargo Center, em Filadélfia. O duelo marca o reencontro de Harden e Simmons com suas ex-equipes e o confronto de dois dos favoritos ao título do Leste. O jogo será transmitido no SporTV, na TNT Sports e na Twitch, pelo perfil do streamer Gaules.

Troca quádrupla

Uma das primeiras movimentações do dia, a troca quádrupla envolvendo Sacramento Kings, Detroit Pistons, Los Angeles Clippers e Milwaukee Bucks agitou a “trade deadline” da NBA. Entre idas e vindas, o cenário terminou assim: Donte DiVincenzo, Josh Jackson e Trey Lyles reforçam os Kings; os Pistons ficam com Marvin Bagley III; Rodney Hood e Semi Ojeleye chegam em LA; e o experiente Serge Ibaka vai para os Bucks.

Siga o Esporte News Mundo no Instagram, Twitter, Facebook e Youtube.

Campeão em 2019 pelo Toronto Raptors, Ibaka é o principal nome da troca. O pivô, que se despede dos Clippers, deve se tornar uma peça importante na rotação de Milwaukee e fortalecer ainda mais a consistente defesa do time de Mike Budenholzer. Destaque também para DiVincenzo, que deixou os Bucks para jogar em Sacramento. O ala-armador vinha recebendo chances na ex-equipe e pode ganhar ainda mais minutos com a camisa dos Kings. A franquia da California se movimentou bastante no mercado, mas foi muito criticada pelas saídas da promessa Tyrese Haliburton, do ala Buddy Hield e de Trystan Thompson, em troca de Domantas Sabonis, Justin Holiday e Jeremy Lamb, dos Pacers.

Casa nova

Foram muitos os jogadores envolvidos em trocas neste último dia de transferências da NBA. Kristaps Porzingis deixou os Mavericks para reforçar os Wizards, que também receberam uma escolha de segunda rodada do draft e mandaram para Dallas o armador Spencer Dinwiddie e o ala Davis Bertans. A franquia da capital também negociou o pivô Montrez Harrell para o Charlotte Hornets, que enviou para Washington Ish Smith e Vernon Carey, além de mais uma pick de segunda rodada do recrutamento.

Quem também se movimentou na “trade deadline” foram os Celtics. O pivô alemão Daniel Theis acertou seu retorno à franquia de Boston e deu adeus ao Houston Rockets, que em troca ficou com Dennis Schroder, Bruno Fernando e Enes Kanter Freedom. Os celtas também trouxeram o armador Derrick White, ex-Spurs, para suprir a carência na criação. Enquanto isso, a equipe de San Antonio vai contar com Josh Richardson, Romeo Langford e uma escolha de primeira rodada do draft deste ano.

A franquia do Texas fez outro movimento significativo no mercado. Depois de terem trocado DeRozan por Thaddeus Young com os Bulls na pré-temporada, os Spurs negociaram o ala de força, que não vinha sendo aproveitado, pelo armador Goran Dragić, dos Raptors. Além da chegada do esloveno, o time comandado por Greg Popovich também recebeu uma escolha de primeira rodada do draft de 2022. Em troca, Toronto fica com Young, que deve receber chances, e uma pick de segunda rodada do recrutamento deste ano, que ocorre em julho.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top