Athletico

Com superávit de R$ 134 milhões, Athletico apresenta balanço financeiro de 2020

Foto: Divulgação/Athletico

Na noite da última quinta-feira (22), o Athletico divulgou o seu balanço financeiro do ano de 2020. Um dos principais pontos que chamaram atenção foi o superávit de cerca de R$ 134 milhões, o lucro em um ano de crise, como foi 2020 em razão da pandemia de covid-19, pode ser explicado por um grande lucro com vendas de atletas, no balanço o Furacão apresentou um lucro de mais de R$ 200 milhões em vendas de atletas.

O Athletico é conhecido como um clube vendedor, em 2019 o lucro já havia sido alto. No balanço anterior o Athletico já havia divulgado cerca de uma receita de R$ 133 milhões em venda, mas em 2020 com novas vendas como: Léo Pereira, Robson Bambu, Bruno Guimarães e Rony o clube teve uma receita maior ainda. Somando os dois anos, chega a um ganho de aproximadamente R$ 335 milhões. Vale destacar que o clube não divulga no balanço as negociações isoladas, apenas o valor total do que o clube recebeu pelo tópico. Outro ponto positivo, é que o Athletico não realizou nenhum empréstimo ou financiamento em 2020.

Em relação aos lucros de 2019, o Furacão faturou menos com os direitos de transmissão, na modalidade do televisionamento, a receita caiu de cerca de R$ 75 milhões para pouco mais de R$ 46 milhões. Talvez a maior baixa foi com as premiações, o clube lucrou R$ 25 milhões, valor bem abaixo de 2019, quando faturou quase R$ 85 milhões, isso pode ser explicado pelo título da Copa do Brasil, competição que melhor paga no futebol nacional, gerando um lucro de quase R$ 60 milhões para o campeão.

Também em razão da pandemia e da não presença de público nos estádios, a receita de jogos, como esperado, diminuiu cerca de R$ 20 milhões, caindo de pouco mais de R$ 44 milhões para quase R$ 25 milhões. A diferença só não foi maior, pelo número de sócios remanescentes do clube, mesmo sem jogos, o lucro com sócio torcedor foi superior aos R$ 23,5 milhões, valor parecido ao de 2019, quando conseguiu pouco mais de R$ 26 milhões. Já em bilheterias a queda foi grande, como esperado, o clube em 2020 teve a receita de quase R$ 2 milhões, valor bem abaixo dos R$ 23,5 milhões de 2019.

CONTAS APROVADAS

Segundo informou o Portal UmDois Esporte, o Conselho Deliberativo do Athletico aprovou as contas prestadas referentes ao ano de 2020. Na reunião, o presidente Mario Celso Petraglia falou sobre diversos assuntos para os conselheiros do clube, entre eles a maior questão financeira do Athletico, a dívida da Arena da Baixada.

Segundo a reportagem, Petraglia garantiu aos conselheiros que o processo está encaminhado para um acordo. A reportagem também informou que em março que o clube pediu ao TJ-PR mais tempo para fechar a disputa jurídica.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top