Conmebol Libertadores

Com três times brasileiros na disputa, Conmebol sorteia grupos da Libertadores Feminina

Libertadores, Taça, Troféu, Libertadores Feminina
O troféu da Copa Libertadores Feminina. Foto: Reprodução/Twitter CONMEBOL Libertadores Feminina.

A Conmebol realizou no começo da tarde desta terça-feira (23) o sorteio da Copa Libertadores Feminina. A competição, que aconteceria no Chile em outubro do ano passado, foi adiada por causa da pandemia da Covid-19 e será considerada como a edição de 2020 do torneio.

Cabeça de chave, o atual campeão do torneio, Corinthians, ficou no grupo A e terá como adversários o El Nacional, o Universitario e o América de Cali. Outro time brasileiro cabeça de chave foi a Ferroviária, que está no grupo D e enfrentará Libertad-Limpeño, Peñarol e Universidad de Chile. O Avaí Kindermann entrou no grupo B e vai encarar Boca Juniors, Santiago Morning e Deportivo Trópico.

A competição acontece na Argentina entre os dias 5 e 21 de março. Confira como ficaram todos os os grupos da Libertadores Feminina 2020:

Grupo A

  • Corinthians
  • El Nacional-EQU
  • Universitario-PER
  • América de Cali-COL

Grupo B

  • Boca Juniors-ARG
  • Santiago Morning-CHI
  • Deportivo Trópico-BOL
  • Avaí Kindermann

Grupo C

  • Santa Fe-COL
  • Atlético Sporting Club-VEN
  • River Plate-ARG
  • Sol de América-PAR

Grupo D

  • Ferroviária
  • Libertad-Limpeño-PAR
  • Peñarol-URU
  • Universidad de Chile-CHIL

Os times garantiram vaga na Libertadores da seguinte maneira: o campeão da Libertadores de 2019, um time adicional do país-anfitrião (Argentina), o time campeão nacional de cada uma das dez federações filiadas à Conmebol e mais um representante de cada federação que teve um time campeão do torneio (Brasil, Chile, Colômbia e Paraguai).

Assim como em 2019, os times se enfrentarão em jogos únicos contra os adversários do próprio grupo e os dois melhores avançarão às quartas de finais. O torneio segue como jogos únicos no mata-mata até a final.

Siga o Esporte News Mundo no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top