Corinthians

Com Willian e Renato Augusto, Corinthians treina de olho no jogo contra o América-MG

Willian voltou a treinar após cumprir quarentena. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians.

Depois de receber um dia de folga, o elenco do Corinthians voltou ao CT Joaquim Grava na manhã desta quarta-feira (15), onde deu sequência à preparação para a partida diante do América-MG do próximo domingo (19), pelo Campeonato Brasileiro.

Depois de cumprir os 14 dias de quarentena determinados pela Anvisa, o meia Willian voltou a trabalhar normalmente no centro de treinamentos. Outro que participou das atividades normalmente foi o lateral-direito Fagner, que sofreu uma contratura no pescoço durante a partida contra o Atlético-GO.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Depois de comparecer ao CT mesmo durante a folga, Renato Augusto se recuperou das dores no músculo adutor da coxa direita e também treinou com o grupo. Adson, que esteve com Renato no local, porém, seguiu tratando de um trauma na perna esquerda. Luan também deu sequência à recuperação de dores no adutor esquerdo.

Renato Augusto se recuperou de dores na coxa. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians.

Já o meia Roni, que teve de sair de campo no jogo contra o Dragão teve uma entorse ligamentar do joelho direito constatada e ficará afastado dos gramados por aproximadamente cinco semanas. O jogador passará por reavaliações periódicas do departamento médico do clube nesse período.

+ À sombra do Gigante: com perfis diferentes, reservas de Cássio aguardam chance no gol do Corinthians

Nas atividades do dia, o técnico Sylvinho promoveu dois trabalhos de perde-pressiona. Em seguida, o treinador corinthiano promoveu um treinamento de enfrentamento em espaço reduzido.

O elenco corinthiano volta a treinar na manhã desta quinta-feira. O Timão encara o América-MG pela 21ª rodada do Brasileirão no domingo (19), às 18h15, na Neo Química Arena.

Elenco do Corinthians deu sequência à preparação para o jogo contra o América-MG. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top