Copa do Brasil

O Começo de temporada do Coritiba em números: o fim de vários tabus

Coritiba x Operário
Foto: Coritiba

Aos poucos, o Coritiba recobra a confiança e as expectativas da torcida para a temporada 2021. No quinto jogo da nova fase, o Coxa venceu quatro e perdeu um, marcou sete gols e sofreu apenas quatro, avançou à Terceira Fase da Copa do Brasil e está em quarto lugar no Paranaense com dois jogos a menos que o líder. Esse “início de ano” marca para o Alviverde um novo momento, e a vitória contra o Operário deu fim a uma série de tabus que o Verdão lutava para quebrar.

Primeira virada em sete meses

O torcedor deseja que a temporada 2020/2021 caia no esquecimento, além de rebaixado, o Coxa teve o pior ataque da competição e conquistou apenas sete vitórias no Brasileirão. Destas, apenas a primeira, contra o RB Bragantino veio de virada, em 23 de Agosto, há mais de sete meses. Desde então, o Alviverde já sofreu algumas viradas, mas só em 06 de Abril de 2021 conseguiu repetir o feito e reverter um resultado desagradável, após 38 jogos.

Cinco anos sem vencer o Fantasma

O Coritiba enfrentou o Operário pela última vez há três dias, pelo Paranaense, em Ponta Grossa, e perdeu por 1×0. Esse revés se repetiu muito nos últimos anos, o Alviverde não conseguiu vencer o Fantasma nenhuma vez sob a gestão de Samir Namur, e não saía vitorioso desde 21 de Fevereiro de 2016. Na ocasião, o Alviverde goleou os adversários por 4×0 no Couto Pereira. Depois, já foram cinco duelos, quatro empates e uma derrota. Somente em 06 de Abril de 2021 que o Coxa deu fim a esse tabu e avançou à Terceira Fase da Copa do Brasil.

Três anos sem avançar à Terceira Fase

Outro tabu pra lá de importante: o Alviverde não avançava à terceira fase desde Fevereiro de 2018, quando derrotou o Uberlândia por 2×0 e foi eliminado pelo Goiás. Nas últimas duas edições, a equipe foi eliminada pelo URT e pelo Manaus na primeira fase e não colocou as mãos em uma bolada de dinheiro. Em 2021, o Coritiba já conquistou sua segunda vitória na competição e conhecerá, através de sorteio, quem será o próximo adversário. Se vencer, colocará fim a outro tabu.

Seis meses sem marcar três gols

A última vez que o Verdão balançou as redes três vezes na mesma partida foi contra outro Verdão: todos se lembram do 3×1 em plena Allianz Arena em Outubro de 2020, contra o Palmeiras, pelo Brasileirão. A fatídica partida deu fim à passagem de Vanderlei Luxemburgo pela equipe paulista e tirou o Coxa da Z4 momentaneamente.

Seis meses sem doblete

O último doblete do Alviverde veio na mesma partida contra o Palmeiras, quando Robson deixou dois nas redes de Weverton e garantiu a vitória. Seis meses depois, Léo Gamalho repete o feito e se torna o artilheiro do Coritiba, mas não só: também empata com Rossi, do Bahia, na artilharia da Copa do Brasil.

O Coxa ainda volta para a terceira fase da Copa do Brasil, já embolsou 1,7 milhão de reais e pode dar fim a mais tabus. Para ficar ligado em tudo o que acontece com o Verdão do Paraná , siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top