Confiança

Confiança vence Náutico no Batistão e se afasta da degola

Foto: Luiz Neto/ADC

Na noite desta segunda-feira (4), o Confiança venceu o Náutico por 2 a 0 na Arena Batistão e se afastou da zona do rebaixamento. Reis e Madison marcaram para o Dragão, que volta a vencer após cinco derrotas consecutivas na competição.

COMO FOI A PARTIDA

Duelo começou bastante movimentado na Arena Batistão. O Confiança iniciou numa pressão forte em busca da vitória contra os visitantes, mas pecou nas finalizações e parou na boa atuação do goleiro Anderson. O Náutico tentava investir nos contra-ataques, mas gerou mais perigo quando a bola passou pelo meia Jean Carlos.

O time sergipano chegou com perigo logo aos três minutos. Em cobrança de falta de Castilho, a bola foi desviada na primeira trave e Matheus Mancini sozinho chutou em cima do goleiro Anderson. Aos 10, Castilho quase marcou o gol olímpico, tentando surpreender o goleiro, mas Anderson defendeu. Doze minutos depois, o Náutico respondeu: por duas vezes, Vinícius obrigou o goleiro Rafael Santos a fazer grandes defesas.

No segundo tempo, o Confiança seguiu melhor e pressionando a equipe do Timbu. Logo no intervalo, Daniel Paulista colocou Rafael Vila no lugar de Serginho. A equipe criou mais chances claras do que no início do jogo, mas só marcou de pênalti após trapalhada do goleiro Anderson no lance da falta dentro da área.

Aos 3 da etapa final, Reis fez jogada individual e cruzou, a bola pegou no travessão e saiu. No minuto seguinte, Guilherme Castilho deixou Renan Gorne na cara do gol que perdeu, atacante parou no goleiro Anderson. Aos 9, o goleiro alvirrubro que vinha muito bem até o momento derruba Reis dentro da área. O próprio atacante bateu no meio do gol e abriu o placar para o Confiança. Foi o oitavo gol dele na Série B e décimo quinto na temporada 2020-21, artilheiro isolado do clube.

Aos 26, Rafael Vila quase marca o segundo no jogo, mas bateu fraco para fácil defesa do goleiro. No final do jogo, já aos 43, o goleiro Rafael Santos pegou a bola com a mão fora da área. Na cobrança da falta, Dudu cobrou forte e fez o goleiro azulino fazer grande defesa. O jogo ainda ficou marcado por uma grande confusão nos acréscimos: jogadores se desentenderam após lance dentro da área do Confiança. Atletas do Timbu queriam pênalti, enquanto os azulinos falavam para o jogo seguir. Arbitragem nada marcou.

Equipe do Náutico ficou abalada após a confusão e ainda levou o segundo. Aos 52, Reis rouba bola e rola para Madison bater na saída do goleiro e ampliar. Fim de jogo: Confiança 2×0 Náutico.

COMO FICAM AS EQUIPES

Com a vitória em casa, o Confiança sobe para 11º com 42 pontos e abre sete para a zona do rebaixamento. O Náutico segue no Z4 com 35 pontos na 17ª posição.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

O Confiança viaja para Maceió, onde encontra o CRB no dia 8, no estádio Rei Pelé. Já o Náutico tem mais um confronto direto na luta contra o rebaixamento contra o Paraná, nos Aflitos, duelo acontece também no dia 8.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top