Basquete

Conheça a carreira de Gustavo de Conti, novo técnico da Seleção Masculina de Basquete

Gustavo Fla
Gilvan de Souza / CRF

A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) anunciou nesta segunda-feira (20) a contratação de Gustavo de Conti para o comando da Seleção Brasileira Masculina. Gustavinho tem feito um grande trabalho no basquete nacional e terá a complicada missão de levar a equipe de volta aos Jogos Olímpicos.

Gustavo de Conti tem 41 anos e se destacou por quase toda a carreira no Paulistano, quando começou a carreira como assistente técnico, depois como treinador principal e comandou dois títulos, o Campeonato Paulista 2017 e o NBB 2017/2018. Há três temporadas, Gustavinho é o treinador da equipe do Flamengo, onde constrói uma carreira recheada de títulos e recordes. Pelo time carioca foram 3 títulos estaduais, dois campeonatos brasileiros, Super 8 e a Champions League das Américas, principal torneio do continente.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

A notícia que o técnico Gustavo de Conti seria o novo técnico da seleção brasileira foi recebida por festa pelos fãs do basquete nacional. O currículo do Gustavinho é impressionante, em onze anos como treinador principal, o treinador soma três títulos nacionais (2018, 2019 e 2021) – em 2020 o campeonato foi paralisado devido a Covid-19, se não teria tudo para conquistar mais um título brasileiro -, quatro títulos estaduais, um título continental da Champions League America, dois títulos da Copa Super 8, e foi quatro vezes eleito o melhor técnico da temporada do NBB, tanto como pelo Paulistano, como pelo Flamengo.

De Conti Flamengo
Foto: Divulgação Time Flamengo

Em 2021, Gustavo de Conti levou o Flamengo a conquistar a inédita quadrúplice coroa: a equipe foi campeã do campeonato carioca, do NBB, do Super 8 e da Champions League America, sem grandes dificuldades. Ficava cada vez mais claro que o Gustavinho seria o treinador ideal para a reformulação do basquete brasileiro.  A CBB buscou um técnico brasileiro após 13 anos sob o comando de estrangeiros. Lula Ferreira foi o último brasileiro a ocupar o cargo e deu espaço para o espanhol Moncho Monalve em 2008. O argentino Ruben Magnano foi o treinador do Brasil entre 2010 e 2017, e o croata Petrovic assumiu na sequência, deixando o cargo no início deste mês.

+Gustavo De Conti assume o cargo de treinador da seleção brasileira de basquete masculino

Agora o técnico brasileiro terá uma grande geração de talentos para trabalhar, liderada por Georginho, Bruno Caboclo, Yago e Didi Louzada. Gustavo de Conti deve comandar a equipe na próxima Copa América que acontecerá no Brasil em 2022.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top