Flamengo

Conmebol denuncia Thuler e Natan por expulsões contra o Racing

Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo

A Conmebol  denunciou os zagueiros Natan e Thuler pelas expulsões contra o Racing que terminou em 1 a 1, no jogo de ida das oitavas da Libertadores. O jovem zagueiro Natan que foi expulso no banco de reservas pode pegar gancho de até um mês.

Além dos zagueiros, o próprio Flamengo foi denunciado por atrasar em dois minutos a volta do intervalo. O clube tem até a próxima terça-feira para apresentar sua defesa para as três denúncias. 

Segundo a entidade, Natan responde pela infração ao artigo 16.2, que prevê gancho maior por um período de tempo mínimo de um mês. Na ocasião, ele teria xingado a arbitragem com as palavras: “Árbitros filhos da p*”, como consta em súmula do árbitro Alexis Herrera.

Natan, por sua vez, nega que tenha se dirigido de tal forma aos árbitros. Ele comentou sobre o assunto em seu perfil no Twitter: 

“Referente o que foi divulgado pelo árbitro da partida na súmula, gostaria de me posicionar deixando claro para todos que em nenhum momento xinguei o juiz. Quem me conhece sabe que jamais iria fazer isso ou algo do tipo, mas Infelizmente fui escolhido aleatoriamente pra receber o vermelho, que me deixou fora da próxima partida. Peço desculpas a todos, mesmo sem entender até agora tudo que aconteceu. Estou triste com o cartão, mas bola para frente, seguir firme e trabalhando”.

Divulgação

Já Matheus Thuler infringiu o artigo 16, por atitude temerária em campo, e sua suspensão pode ser de um jogo apenas.

Sem a dupla, Rogério Ceni tem três zagueiros à disposição: Léo Pereira, Gustavo Henrique e Noga. Em recuperação de lesão, Rodrigo Caio ainda é dúvida.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top