Atlético-MG

Atlético-MG x Boca: Conmebol divulga áudio do VAR na anulação do gol: ‘houve interferência’

Atlético-MG x Boca: Conmebol divulga áudio do VAR na anulação do gol: 'houve interferência'
Foto: Reprodução/Conmebol

O confronto entre Atlético-MG e Boca Juniors é marcado, mais uma vez, com polêmicas com o árbitro de vídeo, já que, assim como no primeiro jogo, houve um gol argentino revisado e anulado pelo VAR, para o desespero dos visitantes. A Conmebol divulgou o áudio do diálogo entre o árbitro uruguaio Esteban Daniel Ostojich Vegah durante conversa com a cabine onde estava o chileno Julio Bascuñan.

Após feita a análise com o juiz de campo e o da cabine, foi concluído que o meia Diego González, do Boca Juniors, estava impedido e interferiu no momento do gol, atrapalhando Éverson, o que terminou em gol do lateral Weingandt que foi anulado posteriormente.

— (O número 23) vai buscar a bola e interfere no goleiro, que não faz o gesto que deveria fazer por causa da disputa de bola. Na linha, o número 23 está fora de jogo. Perfeito, houve interferência. Vou remarcar (o lance) como fora de jogo – diz o árbitro uruguaio Esteban Daniel Ostojich Vegah durante conversa com a cabine.

González estava centímetros à frente de Allan, marcador do jogador do Boca Juniors na grande área. A bola é lançada por Villa, Éverson não consegue segurar, e a bola sobra para Weingandt marcar.

Veja o vídeo:

Durante a checagem do gol, que durou cerca de cinco minutos, houve um confronto entre a delegação do Atlético-MG e a do Boca Juniors, com os brasileiros tentando impedir que os argentinos se aproximassem da cabine do VAR. A anulação do gol gerou tanta revolta que, ao final da partida, houve uma briga generalizada e depredação do estádio Mineirão.

Para ficar informado sobre tudo que acontece com o Atlético-MG, de Cuca, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Com o gol anulado, a partida acabou em empate sem gols e nos pênaltis o Atlético-MG se classificou com o placar de 3 a 1. Nesta quarta-feira, o Galo conhece o adversário das quartas de final, que será novamente argentino. Argentinos Juniors e River Plate se enfrentam nesta quarta-feira (21) em busca da classificação, o primeiro jogo terminou empatada em 1 a 1 no Monumental de Nuñez.

No primeiro jogo, no La Bombonera, também houve uma anulação de um gol do Boca Juniors, o que gerou no afastamento do juiz Andrés Rojas e do árbitro de vídeo Derlis Lopez. Segundo a Conmebol, houve erro ao anular o gol do jogador. Na oportunidade, foi marcada uma falta do atacante Briasco em zagueiro atleticano Nathan Silva no momento do gol de Diego González.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top