Lutas

Conor McGregor mira disputa de cinturão contra Usman: “Se não é ele, quem será?”

Divulgação/UFC

A fase final de recuperação da fratura na perna de Conor McGregor está indo à todo vapor e o irlandês mal espera para quando poderá voltar a lutar pelo UFC. A data de retorno segue incerta, mas o adversário já e está em mente: Kamaru Usman.

Em entrevista ao site TheMac Life, que tem ligação com o ‘Notorious’, o astro maior do Ultimate afirmou que a intenção é a de retornar ao octógono direto para lutar pelo cinturão. No caso, o dos meio-médios, ao qual o nigeriano vem defendendo com sucesso. Para isso, vale até descartar a chance de voltar ao peso-leve, aonde também foi campeão.

– Irei voltar lutando pelo cinturão, guardem bem o que digo. É isso ou eu não luto. Tem que ser luta pelo cinturão. Se não for, contra quem seria? Voltar contra o Usman nos meio-médios é a luta que eu quero fazer. Tenho pensado nestes últimos meses, o porquê de cortar peso? Já venci o cinturão dos leves e já tive que descer para isso. Mas hoje estou maior. Me sinto maior, mais forte, mais saudável. Acabei de voltar de lesão e não quero ter que me desidratar de novo – afirmou McGregor.

LEIA TAMBÉM

+ Amanda Ribas sobe ao peso-mosca e enfrentará ex-desafiante ao cinturão em maio

– Agora é questão de saber em que peso ficarei. Acho que não conseguirei bater mais os 70kg (limite do peso-leve). Estou comendo, levantando peso, treinando e não estou cortando calorias. Estou no meu estado natural e posso ficar maior ainda – completou.

De olho no nigeriano, o ‘Notorious’ imediatamente o tornou alvo de sua já conhecida ‘metralhadora’ de provocações contra o nigeriano. Uma das primeiras tentativas de apimentar um possível confronto foi a de provocar o campeão dos 77kg afirmando ‘não ver perigo’ nele.

– Me sinto confiante em lutar contra Kamaru. Um cara que gosta do jab, meio desajeitado, um wrestler que não finaliza. O que ele vai fazer? Qual é o perigo? Não vejo nele perigo algum. Ele não tem um bom ground and pound e está ficando mais velho. E ainda o mundo é para ser conquistado de novo. A tríplice coroa nunca foi conquistada – disparou o irlandês.

Na entrevista, por várias vezes McGregor falou sobre a ‘tríplice coroa’, que seria a chance de ser o primeiro a conquistar três cinturões do UFC em três categorias diferentes. Mas o desejo do ‘Notorious’, não se limitaria apenas a vencer os títulos mas também nocautear Usman para ser o primeiro a também vencer três divisões diferentes do Ultimate pela via rápida.

– Ninguém conseguiu vencer por nocaute em três divisões do UFC sempre subindo como eu fiz. Mas ninguém conquistou ainda três cinturões como eu o farei se eu conseguir a luta. História tem de ser feita. O mundo precisa se agitar de novo. Ninguém conseguiu vencer três cinturões do UFC na minha vida e ninguém o fará. Se… não, quando eu nocautear Kamaru Usman, serão três cinturões do UFC vencidos por nocaute. Nocauteei José Aldo (nos penas), Eddie Alvarez (nos leves) e agora o Usman. Três cinturões, três nocautes, três divisões só indo para cima – afirmou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top