Atlético-MG

Conselho Deliberativo do Atlético-MG aprova balanço financeiro de 2021 por unanimidade

Aprovação balanço financeiro do Atlético Foto: Bruno Sousa/Atlético
Foto: Bruno Sousa / Atlético

O balanço financeiro referente ao ano de 2021 foi aprovado por unanimidade pelo Conselho Deliberativo do Atlético-MG na noite desta quinta-feira (5), na sede de Lourdes. As contas foram apresentadas ao longo da tarde no Galo Business Day, que foi transmitida pela GaloTV no YouTube.

No documento disponibilizado ao conselheiros e também apresentado no Galo Business Day, o clube mineiro aumentou o endividamento em 6% chegando a débitos de R$ 1.3bi. No entanto, para reduzir esse montante, o Atlético descontou os valores devidos ao Supermercado BH e a família Guimarães, em cerca de R$ 77 milhões.

Além disso, o clube mineiro realizou uma mudança do Profut para incluir os débitos ao PERSE (Programa emergencial para retomada do setor de eventos). Essa modificação trouxe uma redução tributária de R$ 51 milhões.

Com isso, houve uma redução geral da dívida líquida atleticana e agora ela passa a estar na casa dos R$ 1,184bi.

Leia também:

O clube também chegou a apresentar o superávit de R$ 102 milhões em relação as contas apresentadas  em 2020. Nos números mostrados, para chegar ao valor, o Atlético adicionou a venda do zagueiro Júnior Alonso e também da arrecadação com bilheteria e premiação pelas conquistas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.

Para ficar informado sobre tudo acontece com o Atlético-MG, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

Ao longo de 2022, o Conselho Deliberativo deverá voltar a se reunir para tratar de outras votações importantes e que impactarão na vida financeira do Atlético, como a possibilidade de venda dos 49,9% do Shopping Diamond e da reforma no estatuto do clube.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top