Corinthians

Corinthians comemora 21 anos da conquista do primeiro Mundial de Clubes da FIFA

Divulgação/Corinthians

Elenco campeão do mundo

Na noite do dia 14 de janeiro de 2000, há 21 anos atrás, Corinthians e Vasco disputaram o prêmio de melhor do mundo no estádio do Maracanã. A comando de Oswaldo de Oliveira, a equipe do Parque São Jorge contava com um excelente elenco formado por: Dida,  Índio, Adílson, Fábio Luciano, Kléber, Vampeta, Rincón, Marcelinho, Ricardinho, Edílson e Luizão.

A trajetória do Timão foi complicada. Antes de chegar à final, o Corinthians enfrentou o Real Madrid na fase de grupos, em um empate por 2 x 2 no Morumbi, com dois gols de Edílson (O Capetinha). A classificação em primeiro colocado da chave de grupos rendeu a vaga da final contra o time cruzmaltino no Rio de Janeiro.

O duelo da final nos pênaltis

O clima de tensão reinou durante os 90 minutos da partida. Logo no primeiro tempo, Marcelinho achou uma boa oportunidade, aos 37 minutos, mas a bola rasteira foi facilmente defendida pelo goleiro Hélton. Na segunda metade do jogo, Edilson tenta um bom chute pela direita e a bola passa perto da trave. Gilberto, jogador vascaíno, preocupou a defesa corintiana após um receber uma bola de cara com o goleiro Dida. 

Como a partida terminou empatada por 0 x 0 no tempo normal, o resultado seria resolvido nos pênaltis. Rincón foi o primeiro a bater e com muita segurança marcou a primeira penalidade com direito à bola na trave. Fernando Baiano e Luizão também marcaram. Do outro lado, Romário, Alex Oliveira igualaram para o Vasco. Destaque para Dida que, friamente, agarrou a bola de Gilberto. Marcelinho errou a quarta cobrança e Viola deixou tudo igual. 

Mas foi na vez de Edmundo que a torcida da Fiel vibrou, após o camisa 7 ter mandado a bola para fora, a decisão terminou 4 x 3 para o Corinthians. Os Gaviões fizeram festa e o Timão se sagrou o primeiro clube campeão do Mundial de Clubes organizado pelo FIFA.

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top