Corinthians

Corinthians entrega defesa para não pagar quase 20 milhões por Jô

Jô comemorando gol
Divulgação/Corinthians

Sport Club Corinthians Paulista entregou, com o atacante Jô, 33 anos, sua defesa à Corte Arbitral do Esporte (CAS) nesta semana. A defesa faz parte de uma ação em relação à contratação do jogador, que pertencia ao Nagoya Grampus, do Japão, em 2020.


A ação faz parte de um processo vencido pelo Nagoya na Fifa em novembro de 2020, porém, o Corinthians entrou com recurso, assim o processo foi para o CAS. Caso o Alvinegro perca o processo, deverá pagar 3,4 milhões de dólares (18,9 milhões de reais) ao clube Asiático.


Após Jô ter seu salário cancelado pelo Nagoya e seu contrato rescindido, em 2020, ele assinou um contrato por 3 temporadas com o Corinthians e, por isso, a Fifa acredita que o clube deve arcar com a indenização.


A sentença final deve sair nos próximos 8 meses, portanto, o Corinthians saberá do resultado apenas em 2022. O processo não cabe mais recurso e quando chega nessa instância a decisão da Fifa costuma prevalecer.


Revelado pelo Corinthians, essa é a terceira passagem de Jô pelo clube. Nas duas temporadas, ele já fez 84 jogos e marcou 18 gols. O atacante foi campeão brasileiro pelo Corinthians em 2005 e 2017 sendo artilheiro da segunda conquista com 18 gols. Ele também ganhou os paulistas de 2003 e 2017 com o Corinthians.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top