Campeonato Paulista

Corinthians precisa finalizar mais se quiser alcançar classificação diante do Oeste

Neste domingo (26), o Corinthians enfrenta o Oeste na última rodada de classificação do Campeonato Paulista, às 16h, na Arena Barueri.

Para passar à próxima fase da competição, além da vitória, a equipe de Tiago Nunes tem que torcer por um tropeço do São Paulo diante do Guarani, seu adversário direto pela vaga.

Após a vitória sobre o Palmeiras no Derby da última quarta-feira, o Alvinegro saiu da pressão pelo rebaixamento e vê possibilidades de defender o seu tricampeonato paulista.

Mas, para isso, os corintianos já podem fazer os cálculos: se o São Paulo vencer o Guarani, o Timão precisaria de uma vitória por um gol de diferença; se o rival empatar, Mauro Boselli e companhia devem vencer por, ao menos, dois gols de vantagem. 

Eficiência em números

Por não depender de si mesmo para se classificar, o sistema ofensivo da equipe deve estar em sua melhor forma. O centroavante Boselli, que participou de sete gols em 10 partidas no Paulistão (cinco gols e duas assistências) é a principal peça no ataque. Mas os bons números são exclusividade apenas do argentino, a situação do sistema ofensivo do Timão é bem diferente.

De acordo com dados do SofaScore, Luan, o meia criativo da equipe, teve apenas três grandes chances criadas em 11 jogos, além de uma média de 2.1 passes decisivos por jogo.

Mais do que a pouca eficiência do camisa 7, estes dados evidenciam o pouco ímpeto ofensivo do elenco de Tiago Nunes. Boselli, quem mais finaliza a gol na equipe, tem, em média, dois arremates por jogo, seguido por Luan (1.9) e Gil (1.5).

São números baixos de meias e atacantes. Além disso, são dois zagueiros no top-5 da estatística (Pedro Henrique, que deixou o clube, era o quinto). Isso mostra como o Corinthians foi pouco agressivo até aqui no campeonato. 

Na última vez em que venceu por dois gols de diferença, no dia 02 de fevereiro, contra o Santos (2×0), o Timão só finalizou 12 vezes. Créditos ao bom aproveitamento (7 finalizações certas), mas diante do Oeste, com a necessidade de uma vitória, há, também, a exigência de um grande desempenho. 

Com isso em mente, Tiago Nunes comandou o último treino antes da decisão. O foco foi em atividades táticas com trabalho de movimentação, além de instruções em vídeo.

Time disponível

O treinador conta com praticamente todo o elenco disponível. Excetuam-se as baixas de Cantillo, que passará por protocolos de segurança antes de retornar ao CT Dr. Joaquim Grava, e Jô, que ainda não teve seus documentos regularizados. 

Último colocado no grupo A, com 10 pontos, o Oeste até pode se classificar, mas depende de algumas combinações de resultados. Ponte Preta tem os mesmos 10 pontos e Água Santa, com 11, também disputam a vaga.

A tendência é que o treinador repita a equipe que venceu o Palmeiras. Com isso, a provável escalação conta com: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos; Gabriel, Camacho e Luan; Ramiro, Boselli e Everaldo.

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no Instagram, Twitter e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top