Corinthians

Corinthians tem pior início no Brasileirão desde 2012

Tiago Nunes Corinthians 2020
FOTO: RODRIGO COCA/AGÊNCIA CORINTHIANS
— Continua depois da publicidade —

O Corinthians vive crise após um começo de Brasileirão muito abaixo das expectativas. A derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, nesta quinta-feira (10), em plena Neo Química Arena, foi o estopim para protestos acalorados e questionamentos sobre o trabalho de Tiago Nunes, que já vinha balançando há algum tempo.

Com nove pontos em oito jogos, o Corinthians tem o pior início de Campeonato Brasileiro desde 2012, quando somou apenas cinco pontos nas oito primeiras partidas. Atual campeão do Brasileirão na ocasião, o time comandado por Tite estava totalmente focado na reta final da Copa Libertadores, e o início da competição nacional foi no mesmo período dos jogos contra Vasco da Gama, Santos e Boca Juniors, quando o alvinegro paulista acabou sendo campeão.

Entre 2013 e 2019, o Corinthians teve inícios melhores. Ainda com Tite, em 13, houve instabilidade: foram 10 pontos nas oito primeiras rodadas, com duas vitórias, quatro empates e duas derrotas. O alvinegro terminou a competição em décimo, com 50 pontos.

Mano no G4

Já em 2014, com Mano Menezes no comando, foram 15 pontos em oito rodadas, com quatro vitórias, três empates e uma derrota. O saldo final foi um ano sem títulos, diferente das temporadas anteriores, mas o Corinthians ficou no G4 do Brasileirão, com 69 pontos.

Tite de volta

Novamente com Tite em 2015, o alvinegro paulista teve algumas derrotas no começo e arrancou de vez depois da metade do primeiro turno. Nas oito primeiras rodadas, somou 13 pontos, com quatro vitórias, um empate e três derrotas. No final das contas, foi campeão brasileiro com 81 pontos somados, que era o recorde de pontuação até o Flamengo de Jorge Jesus superar em 2019.

Tite começou como treinador em 2016, mas foi para a seleção e deu lugar a uma série de comandantes: Fábio Carille como interino por duas vezes, Cristóvão Borges e Oswaldo de Oliveira. Foram 13 pontos em oito jogos com muitos altos e baixos. Depois de quatro vitórias seguidas, o Corinthians perdeu para o Palmeiras e Fluminense. Ao final da competição, terminou em sétimo, com 55 pontos.

Era Carille

Já com Fábio Carille em 2017, a campanha surpreendeu muitos. Com um elenco que foi muito questionado e apontado como a “quarta força de São Paulo”, o alvinegro passou por cima de tudo e fez uma campanha avassaladora no primeiro turno, ficando invicto. Nas oito primeiras rodadas, foram 20 pontos com seis vitórias e dois empates.

Ainda com Carille, que se transferiu para o Al-Wehda em meados de 2018, o Corinthians anotou 14 pontos com quatro vitórias, dois empates e duas derrotas – Osmar Loss já estava no comando na sétima e oitava rodada. Em 2019 o treinador estava de volta e foi imensamente questionado pela forma que o time jogava, diferentemente dos outros anos que esteve no comando. O começo foi irregular, com 12 pontos nos oito primeiros jogos.

O cenário atual

Portanto, esse é o pior início de Campeonato Brasileiro do Corinthians desde 2012, quando o clube “abandonou” a competição por um tempo por conta da Copa Libertadores. Tiago Nunes está muito ameaçado e, se não melhorar os resultados, deve cair dentro das próximas semanas.

O Corinthians ocupa a 13ª colocação, com nove pontos. O próximo jogo será contra o Fluminense, às 16h (de Brasília), no Rio de Janeiro.

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo