Internacional

Coudet comenta demissão de vice-diretor de futebol: ‘Não foi agradável para mim’

Reprodução/Internacional
— Continua depois da publicidade —

O Internacional empatou, em 1 a 1, com o São Paulo no Beira-Rio, neste sábado (26). Entretanto, este não foi o principal assunto abordado por Eduardo Coudet em sua coletiva. Na tarde de ontem (25), o presidente Marcelo Medeiros demitiu o Vice-diretor de Futebol, Alessandro Barcellos, por movimentos políticos. E, sobre isso, o técnico foi questionado na coletiva.

Quando contratado, pelo Internacional, Eduardo Coudet negociou diretamente com Alessandro Barcellos. Por causa disso, o treinador era muito próximo do diretor. Na coletiva, o argentino se pronunciou dizendo: “recebi mal sua saída, não foi agradável para mim”. Mesmo assim, ele fez questão de relembrar que é importante manter os jogadores focados.

– Não vou mentir que a saída do Alessandro Barcellos não me afetou emocionalmente. Tenho uma boa relação com ele. Mas vamos tentar com que isso não afete o vestiário. Os anos de eleição em clubes são naturalmente difíceis – disse Coudet.

Marcelo Lomba comentou saída de Barcellos

O goleiro Marcelo Lomba, grande destaque do empate, também comentou a saída de Alessandro Barcellos. Assim como Coudet, o goleiro concorda que é de extrema importância não deixar isso afetar o vestiário. O goleiro, aliás, fez questão de ressaltar que houve transparência e contato direto entre Marcelo Medeiros e o grupo de jogadores.

– Eu não procurei entender o porquê do Alessandro Barcellos sair. Nossa preocupação é focar nos jogos. O presidente nos comunicou e falou internamente, ele está sempre presente no vestiário. Mas vamos resolver entre nós. Estamos focados no campo – falou o goleiro

Para saber tudo do Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top