Internacional

Coudet fala sobre o momento do futebol no Brasil: ‘Estamos avaliando como se estivesse tudo normal, mas não está’

Ricardo Duarte/Internacional
— Continua depois da publicidade —

Na noite do último sábado (26), Internacional e São Paulo empataram, em 1 a 1, pelo Brasileirão. Em meio a uma série de desfalques, sendo quatro com Covid-19, o treinador Eduardo Coudet falou sobre sua visão em relação ao momento do futebol. Isso visando, principalmente, as circunstâncias causadas pela pandemia mundial e a paralisação, do esporte no Brasil, por mais de cinco meses.

O treinador, na sua coletiva, ressaltou que a oscilação é natural, em meio a uma série de desfalques causados pela Covid-19. Como exemplo, ele usou o momento do Flamengo, mesmo que indiretamente, ao expressar que “temos times com 10 ou 11 infectados. Aqui temos quatro, mas isso varia toda rodada”.

O momento do futebol brasileiro, segundo Coudet, impede de se fazer avaliações críticas sobre as atuações. Ou, pelo menos, é o que deveria estar ocorrendo, na visão do treinador. Ainda mais com um calendário extremamente apertado, com jogos quarta e domingo. Graças a isso, inclusive, o argentino já revelou quem ele acha o grande favorito para o Campeonato.

 – Estamos convivendo com um vírus que ataca o pulmão. E estamos avaliando como se tudo estivesse normal, mas não está. Pro campeonato, o candidato número um é o Atlético-MG. Por treinador, grupo e por espaço no calendário para treinamentos. Para nós já está complicado, no momento, com dois torneios, imagina com três.

Eduardo Coudet, depois de criticar as cobranças e o cenário, no momento, do futebol nacional, volta suas atenções para a Libertadores. Na terça-feira (29), o Internacional enfrenta o América de Cali, na Colômbia, buscando garantir a classificação para as oitavas-de-final.

Para saber tudo do Internacional de Marcelo Lomba, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top