Campeonato Brasileiro

Atuações ENM: Coxa faz bom primeiro tempo, Robson cria mas empate persiste; veja notas

Nesta quarta-feira (02), Botafogo e Coritiba se enfrentaram no Nilton Santos. A 7ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou em empate. O Coritiba fez bom primeiro tempo e perdeu ritmo nos 45 minutos finais. A partida marcou a estréia de Kalou e Hugo Moura.

O Botafogo teve um gol anulado no primeiro tempo, Luís Henrique recebeu a bola um pouco à frente de Matheus Bueno e o árbitro Felipe Fernandes de Lima acertou em marcar o impedimento. O VAR verificou o lance e o jogo ficou paralisado por dois minutos e 42 segundos.

O coxa entrou no Engenhão com uma nova postura. Nos jogos anteriores, mesmo com vitória, foi apático e não criou tanto. No primeiro tempo contra o Fogão, teve atuação mais incisiva, trabalhou a bola, apresentou boas oportunidades e explorou o lado esquerdo. Teve ao menos quatro boas chegadas.

O Botafogo voltou mais ofensivo no segundo tempo, subiu a marcação e forçou o erro do Coritiba, mas logo caiu o rendimento, o jogo perdeu intensidade e se tornou um embate truncado, sem muito perigo e com muitas paralisações. Houve 43 faltas nos quase 100 minutos de partida. O placar, justo, insistiu no 0x0.

O estreante Hugo Moura entrou na metade final do segundo tempo, no lugar de Yan Sasse. Não teve tempo para desenvolver muito de seu futebol, Jorginho optou por escalá-lo em uma posição diferente e ele não pareceu confortável na nova função.

Destaques

Robson: Criou quatro boas oportunidades, não balançou a rede por mérito de Gatito Fernandes, e seu passe no fim do primeiro tempo não foi convertido em gol por erro de Yan Sasse. Quebrou a sequência de participações neutras e fez uma boa atuação. Quando baixou o rendimento foi substituído.

Wilson: Não foi ativado com muita frequência, mas fez o dever de casa e mostrou boas defesas nas chegadas de Honda e Bruno Nazário. A ausência de gols do Botafogo é mérito dele.

William Matheus: O capitão do time foi muito acionado no primeiro tempo. Subiu e criou boas oportunidades pela esquerda, além disso, voltou para marcar e não errou nas roubadas de bola.

Yan Sasse: A decepção da partida. Entrou quando Neilton se lesionou, aos 19 do primeiro tempo, perdeu chance de gol, prendeu a bola e errou passes. Foi substituído ao 19 do segundo tempo, jogou por 50 minutos e entregou um desempenho insatisfatório.

Notas

Wilson – 7,8

William Matheus – 7,7

Sabino – 7,0

Rodolfo Filemon – 7,3

Jonathan – 5,0

Matheus Sales – 7,2

Matheus Galdezani – 6,8

Matheus Bueno – 7,2

Neilton – 6,0

Robson – 8,1

Sassá – 6,0

Yan Sasse – 4,8

Jorginho – 6,5

(Hugo Moura – 6,2)

(Igor Jesus – 6,2)

(Wellissol – 6,3)

(Giovanni Augusto – 6,2)

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top