Campeonato Brasileiro - Série B

Cruzeiro faz acordo com STJD e não perderá pontos por cantos homofóbicos; confira a pena

Foto: Cruzeiro/Staff Images/Divulgação

O Cruzeiro não perderá pontos pelos cantos homofóbicos ecoados pela torcida celeste no duelo contra o Grêmio pela Série B do Campeonato Brasileiro. A possível punição foi descartada após um acordo entre o clube mineiro e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) homologado nessa sexta-feira (24).

Com o acordo, o Cruzeiro terá que pagar uma multa no valor de R$ 30 mil e adotar medidas no combate ao preconceito. Entre as ações a serem feitas pelo clube estão a utilização da bandeira LGBTQIA+ na bandeira de escanteio dos jogos, vídeo de cunho educativo antes das partidas no Mineirão, reunião com os líderes das organizadas para desincentivar os cantos homofóbicos, entre outras.

Em suas redes sociais, o Cruzeiro publicou a decisão e destacou que parte da multa será revertida em doações para associações de caridade.

– Atendendo a um pedido do Cruzeiro, a Procuradoria do STJD, atenciosa e propositiva, formulou Proposta de Transição Disciplinar que contempla em conversão de parte da multa em doação à associação de caridade e realização de campanhas de políticas afirmativas sobre LGBTfobia, o que foi prontamente aceito pelo clube. Hoje, em reunião realizada presencialmente no Tribunal, a transação foi homologada, sendo finalizado o caso relacionado ao jogo diante do Grêmio.

Confira a postagem na íntegra:

O Cruzeiro já cumpriu parte do acordo diante do CRB e tem 30 dias corridos desde a homologação para o cumprimento das medidas.

O próximo compromisso do Cruzeiro é diante do Sport, no Mineirão, na terça-feira (28), pela Série B do Campeonato Brasileiro. A expectativa é de mais de 30 mil torcedores presentes nas arquibancadas do Gigante da Pampulha.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top