Campeonato Mineiro

Airton fala sobre decisão contra o Patrocinense e afirma: ‘O Mineirão é a nossa casa’

Airton em entrevista realizada nesta manhã, na Toca da Raposa 2 // Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O atacante Airton concedeu entrevista, na manhã desta sexta-feira (23), e falou sobre a partida decisiva que o Cruzeiro terá em casa, no domingo. Para se classificar às finais do Estadual sem precisar que seus adversários tropecem, a Raposa precisa vencer o Patrocinense.

 “O Mineirão é a nossa casa, é onde a gente se sente bem jogando, e eu tenho certeza que o nosso time lá é mais entrosado, mais encorpado. (…) A gente tem uma decisão pra jogar no domingo, contra o Patrocinense. Estamos nos preparando bastante durante a semana para chegar lá e conseguir a vitória e a classificação, se Deus quiser.”

Desde a retomada do futebol, no dia 1 de abril, o Cruzeiro vem demonstrando resultados positivos e os jogadores aparentam estar entendendo melhor a filosofia de Felipe Conceição. Airton afirmou gostar do estilo do novo treinador celeste, que preza pela intensidade e pelo rodízio.

“O Felipe é um cara que dá moral para gente, que somos mais novos, e pro pessoal mais velho também. (…) É o estilo de jogo que eu gosto, mas que cobra muito do atleta: tem muita intensidade, muita marcação. Mas a gente tá tentando se adaptar da melhor forma possível e estamos conseguindo ter sucesso nesses jogos. Tenho certeza que vamos trilhar um caminho de vitórias.”

Depois de um longo tempo, o Cruzeiro poderá ter uma semana cheia de treinamentos. Contando desde o início do mês de abril, em apenas 18 dias, a Raposa fez seis jogos, totalizando uma média de uma partida a cada três dias.

“Jogos só no final de semana dá essa disponibilidade de trabalhar durante a semana e aperfeiçoar algumas coisas, taticamente e individualmente. Trabalhar as finalizações e a tática é bom para todo mundo, e vai ser bom para a gente também.”

STÊNIO

Na quinta-feira (22), o jovem Stênio, de 18 anos, concedeu entrevista ao canal oficial do Cruzeiro e contou sobre o suporte que alguns jogadores têm dado a ele. Mesmo ainda muito novo, Airton, de apenas 22 anos, foi citado pelo garoto.

 “É algo natural dentro do futebol [se ajudarem]. Stênio é um garoto de 18 anos, e eu tento ajudar ele. Quando subi, tive dificuldades, e ele também tem as dificuldades dele. Por isso a gente tenta ajudar da melhor forma possível.”

Para saber tudo sobre o Airton e o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top