Cruzeiro

Baixo aproveitamento nas finalizações atrapalha recuperação do Cruzeiro na Série B

Régis foi o jogador que mais finalizou nas últimas quatro partidas Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
— Continua depois da publicidade —

O Cruzeiro tem tido dificuldades para conseguir emplacar uma sequência positiva de resultados na Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe celeste vem tropeçando nos últimos jogos, acumulando quatro partidas sem vencer na competição, e, em apenas uma delas, o ataque da Raposa não passou em branco.

E não foi por falta de tentativa. Segundo o site de estatísticas, SofaScore, no empate desta sexta-feira (16), em 0 a 0, contra o Juventude, no Mineirão, a equipe estrelada finalizou 21 vezes, sendo apenas três no alvo. Nos últimos jogos, contabilizando todas as tentativas, os números são ainda mais preocupantes: a Raposa arriscou 59 finalizações sendo, 12 no gol.

De todos os jogadores que estiveram em campo contra Cuiabá, Sampaio Corrêa, Oeste e Juventude, Régis foi quem mais buscou fazer o gol. Ao todo, o camisa 10 celeste chutou 10 vezes, com apenas uma sendo direcionada ao alvo.

PRÓXIMO ADVERSÁRIO

Se o problema é o baixo aproveitamento nas finalizações, o Operário, próximo adversário na Série B, tende a ser um obstáculo ainda mais difícil. Isso porque, a equipe paranaense tem a quarta melhor defesa do campeonato – empatada com Sampaio Corrêa e Brasil de Pelotas –, com 12 gols sofridos em 16 jogos, média de 0,75 gols/partida.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top