Cruzeiro

Cruzeiro espera arrecadar cerca de R$ 1 milhão em janeiro com a marca centenário

O Cruzeiro anunciou, nesta terça-feira (5), que espera arrecadar cerca de R$ 1 milhão no mês de janeiro com a marca centenário – o clube completou 100 anos no último dia 2 –, entre royalties, com a venda de camisas, e taxas de licenciamento de produtos.

A arrecadação começou ainda em dezembro quando o clube divulgou uma de suas ações para a comemoração dos seus cem anos de fundação: a virada azul e branca para que os torcedores usassem a camisa celeste durante o Réveillon e no aniversário do clube.

A Raposa, então, fez o marketing por suas redes sociais com o tema “Ontem, hoje, sempre gigante” e passou a usar a #CruzeiroCentenario. Além disso, a Raposa lançou uma moeda colecionável exclusiva para sócios torcedores que indicassem amigos a também se tornarem associados do clube e para os que aceitassem, então, o desafio.  

Ainda, o clube deu início a pré-venda da camisa, feita pela Adidas, a ser usada no centenário do clube. Segundo o balanço do Cruzeiro, já foram alcançados “excelentes números”.  

– Para as próximas semanas mais novidades estarão disponíveis nas lojas oficiais e em outros varejistas parceiros. A vantagem de ter o centenário em janeiro é termos 12 meses completos para celebrar este ano especial –, disse Henrique Aguiar, gerente de licenciamento de marca e novos negócios. 

O vice-presidente administrativo e superintendente de marketing do Cruzeiro, Edson Potsch, destacou o envolvimento dos cruzeirenses e projetou, assim, um ano com novidades e engajamento da torcida celeste, o que pode gerar ainda mais renda ao clube. 

– Foram várias ações que fizemos de dezembro até agora e teremos muitas outras novidades ao longo de 2021. Os resultados mostram o engajamento da torcida e o quanto o torcedor quer participar deste momento histórico do clube –, afirmou. 

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top