Copa do Brasil

Maior campeão da Copa do Brasil, Cruzeiro está a um ano e oito meses sem vencer na competição

Cruzeiro acumula jejum de um ano e oito meses sem vencer na Copa do Brasil
Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Quando o assunto é a Copa do Brasil, o Cruzeiro é o time referência, já que é o maior campeão da história da competição, com seis títulos, além de ser o único time que levantou a taça em duas edições consecutivas. Mas apesar do histórico favorável, o time vive um jejum incômodo: já são um ano e oito meses sem vencer um jogo sequer no torneio, sem considerar disputas de pênaltis.

A última vitória do Cruzeiro na Copa do Brasil foi em grande estilo, uma goleada por 3 a 0 contra o maior rival, Atlético-MG, no Mineirão. O jogo foi disputado no dia 11 de julho de 2019, com Pedro Rocha, Thiago Neves e Robinho marcando os gols da partida. De lá para cá, o time celeste disputou oito partidas na competição, três em 2019, quatro em 2020 e uma em 2021, sendo derrotado em quatro delas e empatando as outras quatro.

Após a vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-MG, na ida das quartas de final da Copa do Brasil 2019, o Cruzeiro voltou a enfrentar o rival na volta, sendo derrotado pro 2 a 0, mas ainda assim se classificando. Na sequência, a Raposa, então bicampeã da competição, perdeu os dois jogos da semifinal para o Internacional, primeiro por 1 a 0 e depois por 3 a 0, sob os comandos de Mano Menezes e Rogério Ceni, respectivamente.

Em 2020, mesmo avançando até a terceira fase da competição, o Cruzeiro, muito mudado após o rebaixamento para a Série B do Brasileirão, não venceu. Na primeira fase, empatou em 2 a 2 com o mesmo São Raimundo (RR) de 2021 e assim como na atual temporada, se classificou pela vantagem do empate. Em seguida enfrentou o Boa Esporte e após empate em 1 a 1 no tempo normal, se classificou nos pênaltis. Mas na sequência o adversário foi o CRB, que venceu a Raposa por 2 a 0 no Mineirão e segurou um empate em 1 a 1 em casa, eliminando o time celeste.

Já na edição 2021 da Copa do Brasil, o Cruzeiro estreou ontem (11) pela Copa do Brasil e voltou a empatar com o São Raimundo (RR), por 1 a 1, com gol marcado pelo atacante Felipe Augusto, que não balançava as redes a cinco meses. Como tinha a vantagem do empate por ser melhor ranqueado na CBF, o time celeste se classificou para a segunda fase, onde tentará quebrar o jejum de vitórias contra o América-RN.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top