Cruzeiro

De ídolo a reserva: Marcelo Moreno pode perder ainda mais espaço no Cruzeiro com Felipe Conceição

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Marcelo Moreno chegou ao Cruzeiro no início do ano passado, mais precisamente em fevereiro de 2020, com status de ídolo. O boliviano, que já colecionava duas passagens pela Toca da Raposa II, retornou ao clube em um dos momentos mais delicados da história estrelada prometendo ajudar o time em seu processo de reconstrução após a crise financeira e desportiva.

Porém, o objetivo de levar o Cruzeiro de volta à Série A não foi alcançado. Para além disso, o Flecheiro Azul foi, aos poucos, perdendo espaço no time titular. Agora, no início da temporada de 2021, a premissa parece a mesma, já que Marcelo Moreno foi um dos poucos jogadores do atual elenco a não entrar em campo no jogo-treino diante do Bolívar, da Bolívia, no último sábado (20) – o Cruzeiro ganhou por 1 a 0.

Na ocasião, Felipe Conceição, atual técnico cruzeirense, utilizou dois times distintos em cada etapa da partida, fazendo pontuais substituições ao longo do segundo tempo. Porém, ainda sim, Marcelo Moreno foi ausência. Por isso, pode ser que o ídolo celeste perca ainda mais espaço no atual elenco, podendo ser apenas a terceira opção para o ataque celeste.

Marcelo Moreno já defendeu as cores do Cruzeiro em 145 partidas e marcou 48 gols, estando a dois de se tornar o maior artilheiro estrangeiro da história do clube.

O Cruzeiro volta a entrar em campo no próximo sábado (27), às 16h30, contra o Uberlândia, no Parque do Sábia, na estreia celeste no Campeonato Mineiro de 2021.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top