Cruzeiro

Paulo enaltece vitória do Cruzeiro e se justifica pela expulsão: ‘Minha intenção era apenas separar a discussão’

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Titular nos dois últimos jogos do Cruzeiro, o zagueiro Paulo foi expulso ainda no primeiro tempo na vitória celeste diante do Vasco, por 2 a 1, nesta quinta-feira (24). O defensor foi afastar uma discussão entre Rômulo e Bruno Gomes e recebeu o cartão vermelho. O seu primeiro como profissional.

Nas redes sociais após a conquista da vitória, Paulo enalteceu os três pontos conquistados pelo Cruzeiro, mas pediu desculpas à torcida celeste por ter prejudicado a equipe e justificou dizendo que teve a “intenção de apenas separar a discussão”.

Além disso, completou dizendo que não é um jogador violento e que nunca havia recebido um cartão desde que subiu e atuou na equipe profissional do Cruzeiro. No entanto, afirmou que o episódio serviu de aprendizado para situações futuras. Após a expulsão, Paulo foi visto, pelos repórteres que estavam à beira do campo, chorando e lamentando o ocorrido.

(+) Cruzeiro encaminha acordo com zagueiro Rhodolfo, ex-Coritiba e Flamengo

Veja a publicação do zagueiro do Cruzeiro:

Na súmula da partida, o árbitro do jogo, Vinicius Gonçalves Dias Araujo, de São Paulo, justificou a sua escolha pelo uso do cartão vermelho a Paulo. Segundo o juiz do confronto, o motivo foi por ter empurrado seu adversário (Bruno Gomes) com os punhos cerrados e com uso de força excessiva.

Confira a imagem da súmula:

Foto: Reprodução/CBF

Paulo desfalca o Cruzeiro no próximo compromisso diante do CSA, em Alagoas, no domingo (27). O confronto é válido pela sétima rodada da Série B.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top