Cruzeiro

Cruzeiro tem cinco dias para quitar pagamento de dívida na União

Foto: Cruzeiro/Divulgação

A Justiça determinou, nesta terça-feira (12), um prazo de cinco dias para que o Cruzeiro pague R$ 8 milhões à União. Esse valor é cobrado pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e é referente a uma divida de FGTS não paga entre 1994 e 2015. Caso o clube não deposite o montante, a Raposa poderá ter bens e contas bancárias penhoradas. A decisão ainda cabe recurso. A informação foi divulgada incialmente pela Itatiaia.

Esse é mais um capítulo que a diretoria terá de superar em meio a uma grave crise financeira vivida pelo Cruzeiro. Nos últimos dias, Dedé e Jadsom Silva entraram na justiça contra o clube. O primeiro pediu uma rescisão contratual e mais R$ 35 milhões em valores somados a salários não pagos, direitos de imagem e danos morais. No dia seguinte, Jadsom acionou a Raposa na justiça pedindo o rompimento do contrato em virtude de dois meses e meio de salários atrasados mais 13º.

Em ambas as ações o Cruzeiro conseguiu uma vitória momentânea. No caso Dedé, a justiça negou o pedido e a equipe celeste poderá apresentar uma defesa. E no de Jadsom será levado à audiência.

Ao ser procurado, o clube informou: “O Cruzeiro ainda não foi notificado. O Departamento Jurídico do Clube tem monitorado todas as ações, inclusive esta, e tomará as medidas necessárias no momento oportuno”.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top