e-Sports

CS:GO: Major Brasileiro cancelado; Valve também pune MIBR

Divulgação/IEM
— Continua depois da publicidade —

A Valve e a ESL anunciaram nesta quarta (09) que o Major Brasileiro de Counter Strike:Global Offensive (CS:GO) foi cancelado, até segunda ordem. O evento seria realizado na cidade do Rio de Janeiro em novembro deste ano. Esta notícia já era esperada pelo cenário competitivo da modalidade e as organizações tomaram a decisão pautada nas restrições de viagens internacionais por conta da pandemia do novo coronavírus. Além disso, a Valve também notificou no mesmo pronunciamento que as equipes que utilizaram o bug do espectador terão os pontos do Ranking Road to Major zerados, incluindo a lineup brasileira MIBR.

+ CS:GO: Santos vence FURIA Female e conquista a Convergence Invatational 2020
+ CS:GO: FURIA conquista DH Open Summer 2020

Major do Rio cancelado por
conta da pandemia

A pandemia do novo coronavírus modificou o protocolo de viagens internacionais por todo o mundo. Obviamente o cenário competitivo de CS:GO seria afetado com toda essa nova dinâmica. Por esta razão a Valve e a ESL tomaram a decisão de cancelar o evento que aconteceria em novembro no Rio de Janeiro. A cidade maravilhosa, apesar de estar reabrindo comércio e serviços, ainda não conseguiu controlar a primeira onda da pandemia. De acordo com a Valve, eles “não vão pedir para os fãs arriscarem as vidas indo ao Major”, mas prometeu que posteriormente retornará com outra competição.

A princípio, a Valve anunciou que manterá interrompido o calendário de Majors e não irá confirmar nenhuma nova data. Os campeonatos em LAN ainda não são recomendados, mas a organização informou que os campeonatos Road to Major online seguem por ora.

Punição severa para infração
do bug do espectador

Na última semana um escândalo tomou conta do cenário competitivo de CS:GO. O bug do espectador foi evidenciado pela ESL e a organização baniu alguns treinadores, incluindo Ricardo “dead” Sinigaglia, treinador da MIBR. O bug permitia que treinadores assistissem os movimentos das equipes adversárias e obtivessem vantagens, o que facilitava na tomada decisões. Apesar de dead justificar o ato e comentar que utilizou somente uma vez, a ESL baniu, mas determinou que somente a Valve poderia retirar os pontos do Ranking do Road to Major.

Treinador da MIBR, dead é penalizado pela Valve e ESL – Divulgação/HLTV

Sendo assim, a Valve decidiu nesta quarta (09) zerar os pontos de todas as equipes que utilizaram o bug, punindo a MIBR, Hard Legion e algumas outras equipes do cenário competitivo. O treinador Nicholas “guerri” Nogueira, da FURIA Esports também foi notificado, mas até o presente momento não foi penalizado.

Um comentário

Um comentário

  1. Pingback: CS:GO: Major Brasileiro cancelado; Valve também pune MIBR | DF MANCHETES

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo