Santos

Cuca explica nervosismo em empate e diz que falta equilíbrio no Santos

Cuca na partida do Santos com o Olímpia (Ivan Storti/Santos)
— Continua depois da publicidade —

O Santos empatou com o Olimpia, em 0 a 0, nesta terça-feira, na Vila Belmiro, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Mesmo com o tropeço, o Peixe manteve a liderança da chave, com sete pontos.

Em entrevista coletiva virtual após a partida, Cuca afirmou que falta equilíbrio em alguns setores no Santos. A lateral esquerda e a criação do meio-campo são posições em que o Peixe precisa se reforçar.

“Difícil. Quando se tem opções para mudar taticamente a equipe, dois centroavantes ou dois armadores… Temos dificuldades. Bom plantel, mas sem equilíbrio em alguns setores. Não preciso dizer, vocês sabem. Buscamos criar essas oportunidades”, comentou Cuca.

Cuca ainda explicou o excesso de cruzamentos do Santos mesmo com um a mais em boa parte da segunda etapa.

“Era o que sobrava, cruzamento. Por dentro estavam fechados. Queriam que afunilássemos. Jogo é diferente. Até entender a arbitragem se fica nervoso, o pau come. Para lá e para cá, é preciso entrar no espírito da Libertadores. Olimpia não perde nada aos grandes times que vão disputar competição a nível de ganhar. Time de tradição, forte, equipe muito boa”, disse, antes de elogiar a equipe paraguaia.

“Pessoal precisa se acostumar a isso. Foi um jogo contra equipe muito experiente, acostumado com Libertadores. A grande maioria, talvez todos, já jogaram. Alguns ganharam. Time muito cascudo, difícil de jogar. Time que tem a posse de bola, a catimba também. Sabem fazer tempo passar mesmo com um a menos. Com tudo que tentamos, não fomos felizes em fazer o gol. Nos faltou o gol. E tivemos oportunidades”, completou.

O Santos descansa e no próximo domingo visita o Botafogo, às 18h15, no Engenhão, pela 11ª rodada do Brasileirão. O Peixe é o atual sétimo colocado do torneio nacional.

Um comentário

Um comentário

  1. Pingback: Cuca explica nervosismo em empate e diz que falta equilíbrio no Santos | DF MANCHETES

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo