Basquete

Da humilhação ao título: A trajetória do Milwaukee Bucks até a conquista da NBA

Bucks Antetokounmpo
Divulgação/NBA

Após 50 anos, o Milwaukee Bucks conquista seu segundo título da história da NBA depois de vencer o Phoenix Suns por 105 a 98. Os Bucks conquistaram o seu primeiro título em 1971, quando Kareem Abdul-Jabbar e companhia derrotaram o Baltimore Bullets, hoje Washington Wizards. Agora Giannis Antetokounmpo é o maior destaque da franquia de Wisconsin.

Nos playoffs da última temporada, o Milwaukee Bucks enfrentou Miami Heat na segunda rodada da pós-temporada na “bolha” da Disney, e o Bucks era o grande favorito, pois a equipe tinha terminado a temporada regular com a melhor campanha da NBA pelo segundo ano seguido e o atual MVP da liga em Giannis Antetokounmpo, conquistando seu segundo prêmio de melhor jogador da temporada. Mas, quando a bola subiu, Milwaukee sofreu uma das grandes humilhações da sua história e foram derrotados por Jimmy Butler e companhia sem grandes dificuldades por 4×1.

Dupla Bucks
Foto: Divulgação Bucks

O Milwaukee Bucks teve uma temporada regular bem segura e sem grandes susto. Ao todo, a equipe alcançou a terceira colocação da Conferência Leste com 46 vitórias e 26 derrotas. Um dos fatores mais importantes é que a equipe do técnico Mike Budenholzer sofreu pouco com casos de COVID-19 na rotação da equipe, e perdeu “apenas” um jogador por lesão nesta pós-temporada, o ala-armador titular até então, Donte DiVincenzo na primeira partida da série contra o Miami Heat.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Depois de duas temporadas com o MVP da temporada regular e derrotas frustrantes nos playoffs, finalmente, chegou a vez de o Milwaukee Bucks representar a Conferência Leste na final da NBA. O time não tomou conhecimento do Miami Heat na primeira rodada, bateu o poderoso Brooklyn Nets nas semifinais e mostrou que está entre os melhores da liga mesmo sem Giannis Antetokounmpo, o que aconteceu nos dois jogos decisivos contra o Atlanta Hawks, quando o grego esteve machucado e Jrue Holiday e Khris Middleton chamaram a responsabilidade.

Líderes da equipe na temporada regular

Giannis Antetokounmpo foi o líder na pontuação da equipe, com uma média de 28.1 pontos. Nos rebotes, o grego também foi o que teve a maior média, com 11 por jogo. Nas assistências, algo que o grego era o principal até a temporada passada, esse ano passou para Jrue Holiday, que teve uma média de 6.1 passes para cestas. Holiday que também é considerado um dos melhores defensores da Liga, teve médias de 1.6 roubos de bola. Brook Lopez foi o principal jogador em tocos, com 1.5 bloqueios por jogo.

milwaukee bucks
Foto: Divulgação Bucks

Líderes da equipe nos playoffs

Assim como na temporada regular, Giannis Antetokounmpo também teve as maiores médias em pontos e rebotes da franquia, com 29.2 pontos e 12.8 rebotes de média. Em assistências e roubos de bola, também se repete: Jrue Holiday teve médias de 8.5 assistências e 1.5 assistência por partida. Brook Lopez também foi o principal bloqueador da equipe, com o mesmo número da temporada regular, 1.5 tocos por jogo.

O Milwaukee Bucks era favorito para levar o título da NBA, pois, teve atuações seguras dentro de casa e das dez partidas que disputou nestes playoffs, a equipe de Giannis Antetokounmpo perdeu apenas uma. O responsável foi o jovem time do Atlanta Hawks, no jogo 1 das finais da Conferência Leste, em partida de atuação de Trae Young que teve um jogo extraordinário e anotou 48 pontos.

Os Bucks se tornam campeões merecidamente e entram para a história após estarem perdendo por 2×0. Algo raro de acontecer na NBA Finals. O time foi regular durante toda a competição e o trio Antetokounmpo, Middleton e Holiday se consagram após temporada atípica.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top