Olimpíadas

Daniel Alves elogia partida da Seleção diante da Costa do Marfim: ‘Construímos jogadas com um a menos’

Daniel Alves - Jogos Olímpicos
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A Seleção Brasileira saiu de Yokohama com uma sensação de injustiça, tanto pelo placar quanto pela polêmica expulsão de Douglas Luiz, ainda aos 15 minutos do primeiro tempo. Com dez jogadores em campo, o Brasil lutou, mas não conseguiu marcar e saiu com um empate debaixo dos braços, diante da Costa do Marfim, pelos Jogos Olímpicos. Para o capitão Daniel Alves, a Seleção tem motivos para sair satisfeita com o resultado.

Após a boa estreia nos Jogos Olímpicos, diante da Alemanha, o Brasil pegou uma fechada e organizada seleção da Costa do Marfim, na manhã deste domingo (25), em Yokohama, no Japão. Se no papel o jogo era mais fácil do que contra a Alemanha, na prática não foi bem assim.

Ainda mais quando Douglas Luiz foi expulso, logo aos 15 minutos da primeira etapa. Justo ou injusto, o cartão vermelho atrapalhou, e o Brasil não conseguiu marcar, saindo de campo com um único ponto, após o empate em 0 a 0.

Na saída do gramado, o capitão Daniel Alves comentou sobre a postura da Seleção, principalmente após o vermelho de Douglas Luiz:

“Não acredito que a expulsão dificultou nossa proposta de jogo. Conseguimos ocasiões, construímos jogadas com um a menos. São circunstâncias de jogo, temos que nos sobrepor a isso. Tenho dúvidas sobre o lance da expulsão, mas faz parte. Temos que valorizar o grande trabalho no dia de hoje”.

Com o resultado, o Brasil chegou a quatro pontos nos Jogos Olímpicos, liderando o grupo D da competição. A rodada decisiva acontece na próxima quarta-feira (28), às 5h (Brasília), contra a Arábia Saudita.

Acompanhe a programação dos Jogos Olímpicos aqui no Esporte News Mundo! Clique aqui.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top