Guarani

Daniel indica caminho para Guarani furar retrancas: ‘Criar alternativas’

Daniel indica caminho para Guarani furar retranca: 'Criar alternativas'

Daniel Paulista reconheceu necessidade Guarani ter uma carta na manga para furar a retranca dos adversários na Série B do Campeonato Brasileiro.

No empate sem gols diante do Sampaio Corrêa, no Brinco de Ouro da Princesa, Bugre, superior em todas as estatísticas ofensivas, martelou os 90 minutos, mas ficou nas defesas de Mota.

+ Paulista valoriza empate do Guarani com Sampaio: ‘Somar é importante’

“A gente tem que criar alternativas de enfrentar esse tipo de equipe. É uma equipe que tem uma maneira consolidada de jogar. É lógico que a gente também precisa de um pouco mais de criatividade e de inspiração para que as coisas aconteçam. É lógico que a gente trabalhou para vencer e tentamos vencer. A equipe lutou, a equipe correu, a equipe foi determinada, jogou com uma postura ofensiva e tentando gol a todo momento, mas enfrentou do outro lado uma equipe que defensivamente se portou muito bem e dificultou os nossos caminhos”, afirmou o treinador, em coletiva de imprensa.

“Eu acho que é tudo dentro do processo. Eu acho que temos que ter a cabeça no lugar para que a gente possa trabalhando em cima, é lógico, dos nossos erros que cometeram hoje e também durante as próprias vitórias que aconteceram em rodadas anteriores. A equipe apresentou erros”, continuou.

“Que a gente possa corrigi-los e crescer dentro da competição. A gente sabe da competitividade e da dificuldade que é o campeonato. A Série B muito difícil. Algumas equipes ali hoje que estão crescendo na competição e outras que estão se consolidando tanto na parte de cima e, às vezes, na parte de baixo. Então a dificuldade é muito grande. A gente tem que continuar melhorando o nosso jogo para que continue trazendo bons resultados como a equipe tem feito e siga na parte de cima da tabela”, emendou.

APRENDIZADO

Apesar do fim da sequência de quatro vitórias consecutivas, Daniel pede para Guarani tirar lições na continuidade da Série B do Campeonato Brasileiro.

“Eu acho que tudo tem é um aprendizado. Quando você ganha, quando você perde e quando você empata, você tem que tirar lições e tem que tirar coisas positivas, porque também tem-se coisas positivas para serem levantadas. Eu acho que, como você mesmo disse, o goleiro adversário teve uma boa atuação. Foi uma atuação de destaque dentro do jogo, mesmo com não tantas oportunidades claras de gol. Nas oportunidades em que tivemos, o goleiro foi muito feliz nas defesas e dificultou ali o nosso trabalho”, analisou.

“Como você disse, a equipe se portou dentro do jogo, mas não conseguiu vencer. O importante é que também não saímos daqui sem pontuar. Somamos um ponto. É um ponto que eleva nossa pontuação na competição. Seguimos trabalhando nesse campeonato muito difícil. Seguimos em frente”, prosseguiu.

“É mais um jogo de invencibilidade. São seis jogos sem perder. Isso aí é importante. A confiança da equipe é muito alta. Agora, nós temos um grande adversário pela frente. É um adversário tradicional do futebol. Guarani e Vasco são campeões. Expectativa de um grande jogo. Que a equipe possa se apresentar bem fora de casa como sempre fez em todos os jogos dentro da competição”, finalizou.

TABELA

Em terceiro lugar com 23 pontos, Guarani volta a campo pela Série B do Campeonato Brasileiro neste sábado, 24 de julho, diante do Vasco da Gama, em São Januário, no Rio de Janeiro, às 21h.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top