Internacional

Danilo Fernandes é suspenso e Caio Vidal absolvido por confusão na partida entre Internacional e Chapecoense

Ricardo Duarte/Internacional

Na manhã desta sexta-feira (02), o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), deu um veredito sobre dois jogadores do Internacional. Por confusão generalizada, no final da partida contra a Chapecoense, pelo Campeonato Brasileiro, o goleiro Danilo Fernandes e o atacante Caio Vidal foram julgados.

Danilo Fernandes acabou pegando, de acordo com a decisão do STJD, mais um jogo de suspensão, além do já previsto pelo cartão vermelho recebido durante a confusão, e com auxílio do árbitro de vídeo (VAR). Com isso, ele está fora da partida diante do Corinthians, neste sábado (03). Por sua vez, Caio Vidal, que foi acertado por um soco do atacante Bruno Silva, foi absolvido, apesar da expulsão que teve que cumprir. Todavia, por acumulo de cartões amarelos, no duelo contra o Palmeiras, ele também está suspenso.

Por conta da suspensão, Danilo Fernandes ficará, mais uma vez, fora da equipe do Internacional. Antigo titular, o arqueiro vem perdendo posições na hierarquia da meta gaúcha e, atualmente, é a terceira opção para defender a baliza, atrás de Daniel e Marcelo Lomba. Por sua vez, Caio Vidal, que foi absolvido, é importante peça nesse começo de trabalho de Diego Aguirre. Todavia, apesar de absolvido, ficará de fora do próximo confronto por conta de acumulo de cartões amarelos no Campeonato Brasileiro.

Para saber tudo do Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

Relembre a confusão

A confusão começou já nos últimos minutos de acréscimo, e tomou conta do banco de reservas do Internacional. Em lance de lateral para a Chapecoense, o atacante Peglow atrapalhou a cobrança rápida. Irritado, o atleta Bruno Silva, do Verdão do Oeste, chutou o jovem por trás. Com isso, Danilo Fernandes chegou empurrando o rival, Caio Vidal acertou um chute por trás e tomou um soco na cara como revide e, só então, a arbitragem chegou para acalmar os ânimos. O resultado, na ocasião, foi de três expulsos: Bruno Silva, da Chapecoense – suspenso por 7 jogos pelo STJD – Danilo Fernandes – um jogo de suspensão – e Caio Vidal – absolvido.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top