Bahia

Danilo Fernandes fala sobre futuro do Bahia no Brasileiro: ‘A confiança vai retornar e nós vamos terminar o ano bem felizes’

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após o encerramento para encarar o Palmeiras e receber a torcida, o goleiro Danilo Fernandes falou em entrevista coletiva, depois do único treinamento que a equipe Tricolor realizou para partida.

Danilo, que é um velho conhecido do novo comandante do Bahia, Guto Ferreira, não poupou elogios ao treinador. Eles trabalharam juntos em 2017, quando Ferreira deixou o Tricolor e assumiu o Internacional.

‘Já tive oportunidade de trabalhar com o Guto em 2017. O cara já conhece o Bahia como ninguém, é a terceira passagem dele. Claro que a gente fica triste por um lado, com a saída do professor Dabove. Mas a chegada do Guto foi num momento em que precisávamos de uma confiança. Ele, como conhecedor do clube, sabe muito bem como funcionam as coisas. Nos passou muita confiança, nos deu coragem, alegria para jogar. É um cara que dispensa comentários. Já venceu muita coisa dentro do clube também. Tenho certeza de que ele vai nos ajudar muito agora, nessa reta final. Comigo, pessoalmente, ele não conversou nada de jogo. Nós tivemos uma conversa um pouco mais próxima, até por já nos conhecermos de antes. Ele conhece todo mundo e vai passar confiança para todos’ e continuou.

É um cara que já conhece o clube, sabe como ninguém como funciona o nosso ambiente. Veio para nos ajudar. Muito qualificado, competente no que faz, vencedor. Só tem a agregar ao nosso grupo. Com certeza vai nos ajudar muito

Fernandes fez a sua segunda partida vestindo a camisa do Bahia, na primeira oportunidade, a torcida não gostou da escalação do goleiro, mas, dessa vez, ao que parece, Danilo tem tudo para cair nas graças dos torcedores, já que foi um dos destaques positivos, e uma grande aposta de Guto Ferreira na titularidade.

‘Importantíssimo voltar a triunfar dentro do campeonato. Não tomando gol, melhor ainda. Sinal de que a equipe toda trabalhou muito bem. Porque uma marcação forte começa no ataque, com todos os jogadores sendo importantíssimos para o sistema defensivo. Claro que tem o goleiro, que é a última pessoa dessa engrenagem. Pude estar numa noite feliz, pude fazer boas intervenções, ajudando a manter o placar no zero. Com a qualidade dos nossos atletas, podendo voltar a marcar, fazer gols, o mais importante foi o nosso triunfo’, falou.

O camisa 21, também falou sobre a lesão que o assombrou no final da passagem no time gaúcho, o Internacional.

‘Extremamente chato você não poder fazer o que você gosta e o que você quer. O pessoal fica falando de lesão. Já tive até conversa com médico. Paramos para ver o que realmente aconteceu. São fatalidades, porque nunca é uma mesma lesão, nunca é uma reincidência de lesão. Então a gente fica até assim… Se fosse uma reincidência, todo mundo sabendo que esse é o problema, seria até mais fácil de se prevenir. Mas são fatalidades, lesões até ósseas, que não estão no alcance prevenir. Quando acontece isso, a gente fica extremamente chateado. Aconteceu. Agora a gente dá a volta por cima. Graças a Deus, já estou recuperado, zerado. Tomara que não ocorra nenhuma fatalidade, que eu possa seguir meu caminho feliz, estando apto para fazer o que mais gosto’, contou

Danilo também falou sobre a partida que ocorrerá nesta terça-feira(12), na Arena Fonte Nova. Esse é o primeiro encontro do atleta com a torcida Tricolor.

‘Mais uma final que nós temos pela frente. Já foi encarado o jogo anterior. Contra o Corinthians também. Nós colocamos na cabeça que tínhamos 16 finais, e agora temos 14. O espírito vai ser esse até o final do campeonato, de muita luta, muita entrega e deixar o coração em campo’, finalizou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top