Futebol Internacional

De virada, Arsenal vence mais uma e se isola na liderança do grupo na Liga Europa

Foto: Divulgação/UEFA Europa League

O Arsenal derrotou o Molde por 4 a 1 na noite desta quinta-feira (5), em partida válida pela terceira rodada da fase de grupos da Liga Europa, no Emirates Stadium. Os Gunners foram surpreendidos ao saírem atrás do placar com um belo chute de Ellingsen, mas viraram com dois gols contra, marcados por Haugen e Sinyan. Pépé e Willock anotaram os outros dois tentos da equipe londrina, que fica na primeira posição do Grupo B com 9 pontos e mantém 100% de aproveitamento no torneio.

Golpe certeiro

O Arsenal controlava as ações do jogo, trocava passes de um lado para o outro, mas não tinha profundidade. Quando a bola chegava nas pontas, Pépé e William eram previsíveis ao cortar para o meio e acabavam sendo obrigados a recuar. O ataque não fluía. Por sua vez, o Molde se limitava a defender, mas não hesitava em subir as linhas de marcação para dificultar a saída dos Gunners. Em um desses momentos, o goleiro Leno forçou uma ligação direta com o ataque, viu a bola ser rebatida na altura do meio-campo e se oferecer para Elligsen, que não perdeu tempo e arriscou de longe, abrindo o placar aos 22 minutos, na primeira finalização do time norueguês.

Polêmica de arbitragem

Aos 43 minutos, Pépé dominou pela esquerda e cruzou rasteiro para o meio da área. Nketiah, livre, empurrou para as redes, mas o lance foi invalidado por impedimento de Willock, que estava ao lado de Nketiah. No entendimento do assistente, mesmo sem ter tocado na bola, o atacante participou do lance. Como a fase de grupos da Liga Europa não tem árbitro de vídeo, o gol foi anulado. Para a sorte dos Gunners, o empate veio ainda na primeira etapa. Após rápido contra-ataque, Nketiah recebeu em velocidade pela direita e deu um toque ligeiro para o meio da área, onde o zagueiro Haugen, ao tentar afastar, jogou contra o próprio gol, deixando tudo igual no placar.

Imposição londrina

Na volta do intervalo, o Arsenal trouxe a intensidade que faltou nos primeiros 45 minutos. O time norueguês se encolhia dentro do próprio campo, mas não estava tão seguro defensivamente quanto antes. Aos 9 minutos, Kolasinac desperdiçou a chance da virada com o gol vazio após falha do goleiro Linde. Não fez falta. Pouco tempo depois, aos 17, Willock recebeu por elevação na linha de fundo e mandou para o meio. Sinyan, que saiu do banco para fortalecer a defesa, fez o segundo gol contra da partida, o segundo do Arsenal. Em vantagem, o time comandado por Arteta encontrava os espaços para atacar com mais facilidade. Aos 25 minutos, Saka foi lançado em profundidade e cruzou na entrada da área para Pépé, que finalizou de primeira, sem chances de defesa. Antes do apito final, Willock marcou o quarto, aproveitando falha no sistema defensivo do Molde.

O que vem por aí?

O próximo compromisso do Arsenal é contra o Aston Villa, no domingo (8/11), no Emirates Stadium, às 16h15, pela oitava rodada da Premier League. O time só volta a disputar a Liga Europa no final do mês, contra o próprio Molde, fora de casa.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top