Automobilismo

De Vries, da Mercedes, vence primeira na Fórmula E; Di Grassi se recupera e é nono

De Vries
Divulgação / Twitter MercedesEQFE

Teve hino alemão também na Fórmula E. O holandês Nyck De Vries, da Mercedes, venceu a prova de estreia da temporada 2021, disputada na noite de Diriyah, na Arábia Saudita. O piloto, que já foi campeão da Fórmula 2 em 2019, tem 26 anos e conseguiu, de ponta a ponta, sua primeira vitória na categoria.

Segundo colocado, o suíço Edoardo Mortara, da Venturi, protagonizou a manobra mais bonita da prova. O piloto estava em quarto, quando aproveitou o modo ataque ativado para pressionar Pascal Wehrlein (Porsche) e Mitch Evans (Jaguar), ultrapassando os dois ao mesmo tempo.

Evans, apesar de levar a ultrapassagem, completou o pódio em terceiro, depois de ter largado da sexta posição.

DI GRASSI SE RECUPERA E ESCALA O GRID

Apesar da classificação ter deixado Lucas Di Grassi largar em 16º, o brasileiro fez boa prova e conseguiu se recuperar durante a corrida. O piloto da Audi Sport utilizou bem seus dois modos de ataque e ainda o boost concedido por votação da torcida e conseguiu terminar em nono, marcando dois pontos no campeonato de pilotos.

Já Sergio Sette Câmara (Dragon Penske) teve menos sorte. Logo no começo, o brasileiro foi punido por não cumprir alguns procedimentos de largada estipulados no regulamento e precisou fazer uma passagem pelos boxes. O mineiro faz sua primeira temporada completa na Fórmula E, mas participou de seis provas no ano passado.

Sérgio só não terminou em último porque Sam Bird (Jaguar) e Alex Lynn (Mahindra), enquanto disputavam a sexta colocação, se enroscaram e bateram. Lynn foi considerado culpado do acidente pelos comissários e acabou punido.

De Vries lidera o campeonato com 29 pontos. A vitória lhe deu 25, enquanto o desempenho na classificação lhe garantiu outros quatro. O ponto da volta mais rápida ficou com seu companheiro de equipe, o belga Stoffel Vandoorne.

A segunda etapa da Fórmula E acontece já neste sábado (27), também no circuito de rua de Diriyah. Depois, os pilotos só voltam à ação em 10 de abril, no Grande Prêmio da Itália, que é disputado em Roma.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top