Campeonato Brasileiro - Série D

Debaixo de muita chuva, Campinense e Treze ficam no empate sem gols pela Série D

Foto: Jefferson Cariri

No Clássico dos Maiorias de número 414 da história, Campinense e Treze ficam no empate sem gols no Estádio Amigão. Jogo válido pela 4º rodada do Campeonato Brasileiro da Série D.

Pela primeira vez na centenária história do futebol paraibano, os dois arquirrivais completaram o ciclo de medir forças por todas as divisões do Campeonato Brasileiro.

Etapa inicial abaixo da média

Foto: Samy Oliveira

A partida começou como o clima no Estádio o Amigão: frio. Muito por causa da chuva que caía em Campina Grande na tarde deste sábado. Além de truncado, o jogo iniciou com ambas equipes se estudando bastante. O Campinense buscou pressionar o Treze no setor defensivo do alvinegro, no entanto o Galo fechava bem os espaços e anulava as tentativas raposeiras.

O Treze avançava as suas linhas e buscava forçar o Campinense ao erro, mas sem muita criatividade no setor ofensivo. A primeira grande chance da etapa inicial foi da Raposa. Aos 12 minutos, Marcelinho cobra escanteio fechado e João Guilherme espalma para a linha de fundo. Quase um belo gol olímpico no Amigão. O Rubro-Negro passou a aproveitar melhor os espaços cedidos pelo Treze e pressionava o Galo no seu campo de defesa.

Em contrapartida, a equipe Alvinegra abusava das jogadas de ligação direta entre a defesa e o ataque, sem muito sucesso. O setor defensivo do Campinense não sofreu grandes sustos no primeiro tempo. As principais chances de perigo foram em bolas paradas. E em uma delas, aos 31 minutos, Wellington Carioca comete a falta e Marcos Nunes e o árbitro apita a falta na entrada da área para a Raposa. Na cobrança, a bola faz a curva com perigo e passa muito perto da meta do goleiro João Guilherme. Rubro-negros dominavam as ações do jogo.

Campinense foi, de fato, melhor que o Treze nos primeiros 45 minutos do primeiro tempo. A Raposa criou as melhores chances de gol na primeira etapa enquanto o Galo pouco criou e levou pouco perigo às metas do goleiro Mauro Iguatu. 

Para saber tudo sobre a Série D do Campeonato Brasileiro, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Jogo com cara de empate

Na volta do intervalo, o Campinense seguiu com o domínio da partida e levando perigo à defesa do Treze. O Galo, como na etapa inicial, seguia buscando os contra-ataques e insistindo na ligação direta entre a defesa e o ataque. Apesar do domínio técnico, os raposeiros não conseguiam acertar o gol defendido pelo goleiro João Guilherme.

A defesa do Treze se postava muito bem ao anular as melhores investidas ofensivas do Campinense. O meio campo, por sua vez, não contribuía para o avanço das jogadas de ataque do Galo.

Em um dos poucos lances de perigo, Fábio Lima, destaque do Campeonato Paraibano desceu pela esquerda e encheu o pé. A bola vai vai na rede, mas novamente pelo lado de fora. Em seguida o mesmo faz uma boa jogada, ganha na velocidade, toca para trás, Marcos Nunes tenta a batida, mas Euller Viana trava a bola e manda para escanteio.

Com o passar dos minutos, o Campinense encontrou muita dificuldade em penetrar o sistema defensivo galista durante a segunda etapa e abusava das bolas alçadas na área buscando Ivamar, no entanto, sem sucesso. Na melhor chance da etapa final, Rafinha enche o pé. A bola acerta o pé da trave do goleiro João Guilherme, bate em seu ombro e vai à linha de fundo. Tudo conspirava para o empate sem gols.

No último lance da partida, a Raposa joga a bola dentro da área, a defesa do Treze afasta o perigo e o árbitro apita o final de jogo. Campinense 0 a 0 Treze.

Foto: Jefferson Cariri

Como fica?

Com o empate, o Campinense sobe para a segunda posição do Grupo 3 da Série D, com oito pontos conquistados. Treze segue sem saber o que é vencer na quarta divisão e conquista o seu quarto empate consecutivo. O resultado deixa o Galo da Borborema ainda na vice-lanterna do Grupo, com 4 pontos conquistados.

Próximos compromissos

Na próxima rodada o Campinense vai até o interior do Ceará para encarar o Atlético Cearense, no Estádio Domingão, no próximo sábado, às 15h.

Já no domingo, ainda no Estádio Amigão, em Campina Grande, o Treze fecha o ciclo de quatro partidas consecutivas atuando em seus domínios contra o América de Natal, às 16h.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top