Futebol Internacional

Depois de sofrer com racismo e ameaça de morte, atacante Martial reforça segurança em sua casa

Foto: Manchester United

Após perder a chance de assumir a liderança da Premier League, ao ser derrotado pelo lanterna, Sheffield United. O atacante Martial e seu companheiro de equipe, o zagueiro Tuanzebe foram vitimas de racismo nas redes sociais. O Manchester United chegou a se manifestar repudiando qualquer crime cometido contra seus atletas.

Segundo o jornal “Daily Mail”, Martial e sua esposa sofreram ameaças de morte e o Manchester United prometeu ajudar o atacante com a segurança. O casal tem um filho e está com medo do que pode acontecer. Ainda de acordo com o jornal, o inglês Rashford, companheiro de Martial também sofreu com ofensas racistas.

Para saber mais sobre Futebol Internacional, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top