Atlético-MG

Opinião: Derrota no clássico é apenas um reflexo da temporada do Atlético-MG

Hulk sendo empurrado por jogador do cruzeiro na última derrota do Atlético.

Atuação vexatória no clássico do último domingo, 22, enfatiza fracasso do Atlético na temporada.

Foto: Pedro Souza / Atlético

No último domingo, 22, o Atlético-MG perdeu para o Cruzeiro por 1×0, com gol contra do zagueiro Jemerson. Além da grande festa de ambas as torcidas, esse dia ficará marcado para sempre na história dos duelos das duas equipes, visto que foi o primeiro confronto entre os rivais na Arena MRV. Esse foi mais um vexame do time comandado por Felipão, que nos momentos principais da temporada, “pipocou”.

                 

Nos principais momentos da temporada o Atlético se mostrou um time apático, seja no Campeonato Mineiro, onde o time que ainda era comandado por Eduardo Coudet foi campeão sem convencer o torcedor, ou nas eliminações vexatórias na Copa do Brasil, onde o Galo com uma vantagem de 2×0 cedeu a vaga para as quartas de final para o Corinthians. E não podemos esquecer da Libertadores, quando foi eliminado para o Palmeiras perdendo em casa e com apenas uma finalização ao gol adversário em 180 minutos.

No Campeonato Brasileiro, não é diferente, o Atlético perdeu pontos para equipes que lutam na parte de baixo da tabela, perdendo em casa na estreia para o Vasco, e, para o praticamente rebaixado Coritiba, derrota essa, que ficará marcada para sempre na história do clube, visto que foi a primeira na Arena MRV. Além disso, não podemos esquecer do último e mais marcante, a derrota para o arquirrival Cruzeiro, onde a equipe de Felipão parecia estar disputando um torneio de pré-temporada, enquanto a Raposa fazia o jogo da sua vida.

Ainda sobre o último vexame, esse atual elenco parece não ter o Cruzeiro como rival, de 2021 até a temporada atual, o Atlético enfrentou a Raposa por 6 vezes, com um empate, duas derrotas e três vitórias, e, mesmo nos triunfos, o alvinegro não fez sequer uma grande partida, levando os duelos como jogos quaisquer.

A atual temporada, já está “perdida”, assim como o atual treinador, Felipão, disse, irá “sofrer” para classificar para a Libertadores do ano que vem. Por esse ponto de vista, declaração um pouco melhor do que o que o comandante disse após a derrota para o Grêmio, em julho, onde ele afirmou que a equipe seria rebaixada, ao ser perguntado sobre a má fase do Alvinegro.

A torcida do Atlético espera uma mudança de postura para o ano de 2024, tanto da diretoria, quanto dos jogadores que irão permanecer e no mínimo uma classificação para pré-libertadores, visto que uma massa tão apaixonada não merece “estrear” um estádio de tamanha grandeza fora da principal competição do continente.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo