Futebol americano

Destino Super Bowl: Playoffs da NFL começam com nenhum favorito em evidência

playoffs NFL Buccaneers
Divulgação/Tampa Bay Buccaneers

Em geral, todos os playoffs de campeonatos possuem um time que a maioria aponta como candidato ao título. Na NFL também é assim, mas na temporada 2021/22 não existe esse um grande time que está à frente dos outros para levantar o troféu Vince Lombardi. Ao invés disso, pelo menos 10 dos 14 times que avançaram pela temporada regular possuem condições de chegar ao Super Bowl.

Neste sábado, Raiders e Bengals fazem o primeiro duelo e um confronto complicado. Las Vegas teve grandes problemas internos durante a temporada, mas cresceu na reta-final com direito a uma emocionante classificação na prorrogação diante dos Chargers. Por outro, Cincinnati foi uma das sensações da AFC, principalmente, com Joe Burrow e Jamar Chase comandando o ataque. Fechando o primeiro dia, Patriots e Bills fazem mais um confronto divisional. New England se remontou para a temporada e fez boa campanha, mas vacilou no fim, o que permitiu Buffalo vencer o duelo no Gillette Stadium e vencer a divisão pela segunda vez consecutiva.

No domingo, três jogos dão continuidade a fase de wild card dos playoffs. Os atuais campeões Tampa Bay Buccaneers receberão o corajoso time do Philadelphia Eagles, que também cresceram na reta-final da temporada. Se não vem com o mesmo desempenho de 2020/21, a franquia conta com Tom Brady em bom momento para buscar o bicampeonato consecutivo. Mais tarde, San Francisco e Dallas fazem talvez o confronto mais equilibrado de todos. Os 49ers se encontram garantindo a classificação na prorrogação diante do rival Rams, mas com Deebo Samuel e Nick Bosa sendo decisivos em suas competências. Os Cowboys começaram bem, caíram de rendimento, mas conseguiram vencer a divisão com antecedência. O objetivo é espantar o fantasma da oscilação e reviver os grandes momentos da história da franquia texana.

Para fechar o domingo, Steelers e Chiefs se encontram no duelo que certamente marcará a história de alguma maneira. Se for derrotado, Pittsburgh terá o último jogo da carreira de Big Ben após uma classificação suada. Do outro lado, Kansas City evoluiu ao longo da temporada, mas uma derrota para os rivais seria uma surpresa indesejável para Patrick Mahomes e cia.

Fechando a rodada do Wild card, Arizona e Los Angeles colocam toda rivalidade divisional em ação. Um time que começou 7-0, mas que oscilou na reta-final sem seus principais jogadores. A volta de Kyler Murray é um alento e o provável retorno de JJ Watt pode ser a peça que falta para que os Cardinals voltem a crescer e impressionar pelo bom futebol. Os Rams apostam as fichas em uma defesa sólida e em Cooper Kupp no ataque para esquentar as coisas ainda mais no SoFi Stadium.

Ainda há Green Bay Packers e Tennessee Titans, líderes da Conferência e que conquistaram a folga na primeira rodada de playoffs. Apesar de serem um passo a diante dos adversários, não são as principais equipes favoritas para levar o título mesmo com retornos importantes por lesão como David Bakthiari, em Green Bay, e Derrick Henry, em Nashville.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Confira os palpites dos repórteres do Esporte News Mundo para os jogos da rodada de wild card dos playoffs:

Las Vegas Raiders x Cincinnati Bengals: João Pedro Bernardo – A consistência de Las Vegas pode ser um fator crucial para a vitória, já que o time possui muito mais aspectos importantes do que Cincinnati.

New England Patriots x Buffalo Bills: João Pedro Bernardo – Assim como no primeiro jogo da temporada regular, o objetivo de New England será tentar anular totalmente Buffalo em busca da vitória. Minha expectativa é que os Patriots avancem.

Philadelphia Eagles x Tampa Bay Buccaneers: Tauany Rodrigues – Os Eagles gostam da aura de serem os underdogs. Foi assim quando conquistaram o Super Bowl 52. Com toda a história envolvendo Nick Foles e o favoritismo de New England. Novamente os Eagles serão os underdogs contra Tom Brady e os atuais campeões Tampa Bay Bucanners. Mas, dessa vez será um pouco mais complicado. Os Bucs tem problemas, principalmente na defesa, mas tem um ataque muito perigoso e bem talentoso. Dessa vez, aposto em Tom Brady e nos Bucs pra avançar.

San Francisco 49ers x Dallas Cowboys: Lucas Maciel – Em uma análise dos números da temporada regular, o Dallas Cowboys aparece como favorito no duelo contra o San Franscico 49ers. Além da conquista da NFC Leste, o ataque teve ótimo desempenho nas últimas semanas: a equipe marcou mais de 50 pontos em dois dos últimos três jogos. Dak Prescott fechou a primeira parte da temporada com 37 passes para TD e um aproveitamento de quase 70% nos lançamentos. A principal arma dos Cowboys até aqui é Ezequiel Elliot: o running back percorreu mais de mil jardas e anotou 10 TDs em corridas.

Do lado de San Francisco, a temporada regular foi de altos e baixos. Com uma campanha de 10 vitórias e 7 derrotas, a equipe Kyle Shanahan chegou a perder quatro partidas consecutivas e teve a vaga para o wild card ameaçada. Jimmy Garoppolo tem menos passes para TD do que o quarterback adversário, com apenas 20 acertos. Reserva de Tom Brady no início da carreira, podemos esperar um jogo do camisa 10 ao melhor estilo do astro dos Bucs? Isso é difícil afirmar, mas a torcida dos 49ers pode se agarrar ao retrospecto da equipe fora de casa nesta temporada – 6 vitórias e 3 derrotas – para vencer em Dallas.

Pittsburgh Steelers x Kansas City Chiefs: Luis Feitosa – Não será fácil para Pittsburgh enfrentar Patrick Mahomes e cia., mas a única possibilidade seria um jogo histórico de TJ Watt, enquanto as melhores oportunidades de Kansas City podem fazer a diferença. Expectativa é que os atuais vice-campeões possam avançar para o divisional round.

Arizona Cardinals x Los Angeles Rams: Luis Feitosa – O time que começou 7-0 é completamente outro hoje e acho difícil Arizona conseguir um grande resultado contra o seu rival. Para avançar, passa por um grande jogo de Kyler Murray e o excelente retorno de JJ Watt. Com Los Angeles, Stafford precisará reduzir os turnovers e deixar Cooper Kupp ser decisivo para avançar. Rams avançam, mas com emoção no fim do jogo.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top