Cruzeiro

Dia do Atleta Profissional: Relembre jovens que subiram à equipe principal do Cruzeiro desde a queda à Série B

Fotos: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O ano de 2020 foi atípico para o Cruzeiro. Desde a queda do clube à Série B do Campeonato Brasileiro no fim de 2019, a luta foi para que a Raposa retornasse à elite do futebol nacional e, também, pela reconstrução do clube. Para isso, alguns jogadores precisaram deixar o clube, enquanto outros chegaram.  

Ao mesmo tempo, jovens atletas da base do clube tiveram a sua primeira chance no time profissional do Cruzeiro. 

Nesta quarta-feira (10 de fevereiro), data em que se comemora o Dia do Atleta Profissional, relembre todos os jogadores da base celeste que vestiram pela primeira vez a camisa profissional do clube ou que ao menos subiram à equipe principal da Raposa desde a queda à Segunda Divisão. Ao todo, foram 20 novos profissionais. 

Alguns nomes se destacaram e, inclusive, atualmente compõem a equipe principal do Cruzeiro. O volante Adriano e o lateral-esquerdo Matheus Pereira são alguns deles. As joias da base fecharam a temporada de 2020 como titulares. Além deles, os atacantes Welinton e Thiago também ganharam minutos em campo, entrando como substitutos em algumas oportunidades. 

Stênio também ganhou a confiança de alguns treinadores que passaram pela Toca da Raposa no último ano. Porém, o jovem jogador sofreu uma lesão no ombro e ficou fora por um longo período, retornando já no fim da disputa da Série B. Jadsom Silva foi outro que se destacou e chegou a figurar entre os titulares, porém, com o atraso dos salários, o jogador entrou na Justiça contra o clube pedindo rescisão contratual indireta.  

Thiago e Paulo são alguns dos jovens da base celeste que subiram ao profissional do Cruzeiro Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Algum tempo depois, retirou a ação para negociar a sua a saída, e recebeu o pagamento dos valores em débito. Jadsom Silva deve ir para o Bragantino. Na defesa, o zagueiro Paulo e o goleiro Vitor Eudes também tiveram a primeira oportunidade em campo com a camisa profissional do Cruzeiro. Ambos devem seguir no clube para o restante do centenário. 

Outros jogadores chegaram a subir para o profissional e retornar à base, como é o caso do atacante Riquelmo e do volante Guilherme Liberato.  

Enquanto isso, outros foram negociados com times brasileiros ou estrangeiros. Alexandre Jesus, por exemplo, atualmente defende as cores do Fluminense, Pedro Bicalho as do Palmeiras, Valdir as do Coimbra e Edu as do Athletico-PR. Já Caio Rosa atua pelo Khorfakkan, por empréstimo do Al Sharjah, da Arábia. E o zagueiro Jonathan Moreira, de 20 anos, foi negociado com o Portimonense, de Portugal. 

Outros nomes que passaram ou ainda permanecem no profissional do clube desde a queda à Série B são: Marco Antônio (meio-campista), Danilo (lateral-direito), Vinicius (goleiro) e Gui Mendes (atacante). 

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top