Flamengo

Diego Alves x Hugo Souza: quem deve ser o goleiro titular do Flamengo?

Diego Alves Flamengo
Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Com o retorno dos atletas do grupo principal, o técnico Rogério Ceni começará a analisar as opções para esboçar os titulares para a sequência da temporada. Apesar de já haver um time-base, o elenco é recheado e vários jogadores pedem passagem, principalmente alguns destaques do grupo de transição.

Entre as muitas dúvidas na cabeça do treinador, a posição de goleiro certamente é uma das principais. Após conviver com muitas lesões e atuar pouco na última temporada, Diego Alves voltou a jogar na última quarta-feira (31) e parece largar na frente para assumir a posição. Por outro lado, o jovem Hugo Souza começou voando, mas caiu de rendimento em alguns momentos decisivos. Contudo, é um goleiro de muito potencial e vai brigar pela vaga no time titular.

Diego Alves

O goleiro tem a experiência ao seu favor. Afinal, passou vários anos de sua carreira atuando em alto nível na primeira divisão espanhola, antes de chegar ao Flamengo. Ele chegou a ficar próximo de uma saída do clube no final do ano passado, mas acertou a renovação de contrato até o final de 2021.

Exímio pegador de pênaltis, Diego Alves manteve a regularidade nas partidas em que jogou e dificilmente falha. Contudo, o ano de 2020 foi difícil para o goleiro, que perdeu vários jogos por lesão e chegou a ficar no banco de reservas, com a rápida ascensão do concorrente Hugo Souza. Apesar disso, como está 100% fisicamente, é um dos melhores goleiros do Brasil e possui um salário altíssimo. Portanto, é difícil imaginá-lo como reserva.

Em entrevista, Diego Alves comemorou o retorno aos gramados na partida contra o Bangu.

– Estou muito feliz. A gente não consegue controlar as lesões. É uma sensação muito boa poder voltar, não levar gol e ir para o território onde mais vivi nos últimos anos. É muito ruim ficar machucado, mas me concentrei para voltar melhor ainda do que eu era. A expectativa é de fazer um grande ano com todos.

Hugo Souza

Hugo surgiu por acaso, depois de brilhar em uma partida contra o Palmeiras, pelo Brasileirão, onde o elenco do Flamengo tinha 20 desfalques por conta da Covid-19. De lá para cá, o garoto desbancou César e assumiu a titularidade, com diversos milagres e uma defesa de pênalti. Ele caiu nas graças da torcida e chegou a ser comparado com Cortouis.

No entanto, a inexperiência pesou em alguns momentos e o goleiro cometeu algumas falhas no final do ano passado, sobretudo nas quartas de final da Copa do Brasil, contra o São Paulo. Porém, o saldo foi positivo, o que rendeu sondagens de clubes como Ajax e Barcelona. Hugo tem potencial, mas precisa de cautela. Nesse sentido, ele deve começar a temporada no banco, mas a sombra de um goleiro como Diego Alves pode ser fundamental para sua evolução.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top